Sugestões para oferecer ou para ler...


quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

MIGAS DE FEIJÃO

Na cozinha da Risonha há uma regra básica: nunca se desperdiça nada nem nunca se joga comida para o lixo (parece aquela velha lei da Natureza "nada se perde, tudo se transforma") pois ao preço a que está a vida e com tanta gente a morrer de fome por esse mundo fora, sou incapaz de desperdiçar bens alimentícios (em ultimo recurso, e caso já não hada nada a fazer com eles, servem para alimentar os meus cães...LOL).
Muitas vezes tenho sobras de pão em casa, por vezes faço fatias douradas, outras vezes faço açorda, mas desta vez optei por umas migas... e feitas com feijão vermelho.

Coloquei o pão de molho em água morna por cerca de 10 minutos.
Num tacho pus bastantes dentes de alho picados e bastante azeite (como diria o meu pai "não se poupem no alho e no azeite que é o que dá bom sabor ás migas), temperei com sal e levei ao lume até o azeite aquecer e o alho alourar um pouco.
Juntar o pão espremido e ir envolvendo bem no azeite, tendo o cuidado de o ir desfazendo com a colher de pau. A pouco e pouco ir juntando goles da água onde o pão demolhou.
Quando o pão já estiver desfeito e bem envolvido no azeite adicionar uma lata pequena de feijão vermelho e misturar tudo muito bem.
No final rectificar os temperos e acrescentar coentros picados.
Para acompanhar peixe frito ou carne assada é do melhor.... Sirvam-se e dêem a vossa opinião.

Nota: as migas para que fiquem boas devem ser feitas com pão tipo caseiro (de preferência alentejano) e já com vários dias. Estas foram feitas com pão de forma que era o que tinha na altura.
Podem fazer as migas simples sem o feijão, podem substituir o feijão por couve portuguesa cortada bem fininha (tipo caldo verde), podem no final juntar ovos mexidos... enfim, podem fazer uma enorme variedade de migas.
E ainda há quem depois das migas prontas as core numa frigideira com gordura e as enrole , tipo omelete, mas eu já tentei e não consigo... desfazem-se todas....

17 comentários:

  1. gosto muito de migas...com feijão nunca tinha comido mas devem ser deliciosas...beijinhos doces

    ResponderEliminar
  2. Concordo com vc...não devemos jogar nada fora...:]
    E olha que aparecem novas receitas com essa 'reciclagem'..
    Gostei muito da sua, tá?
    beijinhos pra vc!

    ResponderEliminar
  3. Em casa tb tento aproveitar o máximo das sobras. Gostei dessa idéia com feijão!

    ResponderEliminar
  4. Fátima (cemporcentoacucar.blog.com)5 de dezembro de 2007 às 13:55

    Confesso que migas só comi duas ou três vezes mas gostei muito!!
    E também confesso que, contrariamente a ti (que vergonha...) desperdiço imensa comida, iogurtes, pão etc etc...
    Tenho de me esforçar...

    ResponderEliminar
  5. Hummmm sua idéia de fazer com couve, adorei!!!!!!
    Senti o cheirinho do alho no azeite!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  6. Cá em casa também não se desperdiça nada, é de partir o coração ver comida estragada.
    Bem, as migas!
    Minha amiga não sei se sabes mas aqui a Marizé é 50% Alentejana e por isso ADORO migas!

    Estas com feijão estão bem originais.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Adoro migas. Mas nunca mwe aventurei a faze-las. Mas até parece frácil. Vou anotar a receita e experimentar!!

    ResponderEliminar
  8. Tb gosto muito de migas e as tuas parecem apetitosas.
    Pessoalmente prefiro fazer com broa de milho mas desde que sejam migas marcha tudo. Gostei dos ovos mexidos. às tantas ainda vou inventar uma migas para o jantar!

    ResponderEliminar
  9. Ok, ok, eu sei que gostam de mim! Mas escusam de dizer que adoram! Lol...Brincadeira! Sim, gosto realmente bastante de migas, do saborzinho a alho...nham nham! Uma sugestão a registar! :o)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Adoro migas (e a Migas também!), mas de feijão nunca tinha visto.
    Nesta cozinha nada me supreende...
    Jinhos.

    ResponderEliminar
  11. Pois somos todos seguidores do sr. Lavoisier! E eu também adoro migas - ou não fosse eu alentejana.

    E também gosto da Migas!

    Bj

    ResponderEliminar
  12. E aposto que fixou uma delícia...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Tô com vc e não abro! Nada de jogar comida fora com tanta gente passando fome.
    Parabéns pela receita, além de consciente também deve ser deliciosa.
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. A eu concordo com você Risonha não se pode jogar comida fora e amei a sua reciclagem um luxo só! :)

    ResponderEliminar
  15. Eu sei que tenho fama de ser esquisita (também tenho o proveito lol). Vou-te dizer com letras grandes :

    ADORO MIGAS E DE FEIJÃO CHORO POR MAIS!

    ResponderEliminar
  16. penso como voce--nada pode ir pro lixo, se bem que infelizmente algumas vezes acontece. um beijo! :-)

    ResponderEliminar

Comentem e deixem a vossa opinião. Beijinhos da amiga Risonha, daqui de onde a terra acaba e o mar começa....