Sugestões para oferecer ou para ler...


quarta-feira, 30 de Maio de 2007

EMPADÃO TRICOLOR


Uma receita que vi algures numa revista (já nem sei qual nem onde) e para a qual fiz algumas alterações....

600gr de peixe à escolha (eu usei maruca)
300gr de ervilhas
200gr de batatas
300gr de cenouras
150gr de manteiga
6 delícias do mar
fatias de queijo q.b.
5 dentes de alho
sal e pimenta q.b.

Coza o peixe em água temperada com sal e pimenta. Depois do peixe cozido retire e reserve-o.
No mesmo caldo onde cozeu o peixe coza as ervilhas. Entretanto reire a pele e as espinhas ao peixe e desfaça-o em pedaços e corte as delícias do mar em rodelas.
Depois das ervilhas cozidas escorra-as (mas aproveite a água), junte metade da manteiga derretida e reduza-as a puré com a varinha mágica. Rectifique os temperos e coloque este puré no fundo de um pirex untado com manteiga.


Entretanto na água onde cozeu as ervilhas ponha a cozer as batatas e as cenouras cortadas em pedaços, bem como os dentes de alho partidos ao meio.
Por cima do puré de ervilhas ponha o peixe em lascas e as delícias do mar.


Cubra com uma camada generosa de fatias de queijo - eu usei Terra Nostra (claro que quem não gostar de queijo pode eliminar este passo)


Depois das cenouras e das batatas cozidas, escorra e reduza a puré com a restante manteiga derretida, rectificando sempre os temperos. Colocar o puré de cenoura no topo do tabuleiro.

Tapar com papel vegetal e levar ao forno por cerca de 10 minutos...
Dá para sentirem o cheiro?

Acompanhado de uma salada de alface fica um espectáculo.. experimentem e digam alguma coisa.

FILETES DE PESCADA COM ALHO FRANCÊS


Mais uma receita do petiscos, da solitas cuja receita original é assim:

1 pacote de filetes de pescada
Azeite Q.B
1 alho frances Grande

Dispõe os filetes num recipiente para ir ao forno, antes de porem os filetes untam o tabuleiro com azeite, mas não com muito....depois poem os filetes ainda congelados, temperam com sal e por fim cortam o alho frances bem fininho. Depois do alho frances cortado, fazem uma cama por cima dos filetes e regam com algum azeite ( q.b.)...e forno com eles.

Conforme o forno dão aí entre 20 a 30 minutos, vão picando para ver se está bom e o alho meio corado...fica com um sabor fantástico!

As minhas alterações foram:

Coloquei os filetes no fundo de uma assadeira levemente untada com azeite, temperei-os com sal e pimenta, por cima colquei o dito alho francês: a parte branca cortada em rodelas e um pouco das folhas verdes picadas... por cima coloquei 3 cenouras raspadas e 2 dentes de alho picadinhos.... temperei com ervas aromáticas e um pouco de noz moscada, deitei mais um pouco de azeite por cima e... como não podia deixar de ser.... montes de queijo ralado levei ao forno 20 minutos e estava uma delícia...

Não me estava a apetecer fazer arroz nem massa para acompanhar ... como já tinha o forno quente e tinha algumas baguetes duras em casa cortei-as ao meio, barrei-as com manteiga e por cima pus-lhes uma mistura de alho e salsa (comprei um frasco de alho em pó e outro frasco de salsa e misturei tudo num frasco grande, assim já tenho a mistura feita para quando é preciso pôr nos cozinhados)
Levei as baguetes ao forno para tostarem e acompanhamos com os filetes.. e cá está o resultado.

Uma maraviha... uma receita a repetir muitas vezes!!!

FRANGO BÊBADO



Este foi o nosso jantar de ontem cá em casa. Quero dedicar esta receita a uma amiga que vive na Suíça, a Dora Félix, que eu sei que gosta muito de frango....

1 frango cortado em pedaços
farinha q.b.
3 colheres de sopa de manteiga
1 cálice de vinho do Porto
1 cálice de whisky
1 cálice de cognac
1 copo de água
1 lata de cogumelos
1 pacote de natas
sal e pimenta q.b.

Passar os pedaços de frango por farinha de modo a que fiquem bem envolvidos e pôr a manteiga a derreter num tacho.


Levar o frango a corar na manteiga, voltando de modo a que fique lourinho dos dois lados.


Juntar as bebidas e a água e acrescentar uma lata de cogumelos partidos ao meio. Tapar e deixar em lume brando cerca de 30 minutos, juntando mais água se necessário.


Acrescentar as natas, temperar de sal e pimenta e deixar ao lume por mais 5 minutos.

Servir acompanhado a gosto... eu usei massa espiral tricolor e rodelas de tomate.

terça-feira, 29 de Maio de 2007

BOLO DE LARANJA DA MINHA MÃE


Este é um dos bolinhos que a minha mãe faz e que fica delicioso....

5 ovos
2 chávenas de açucar
1 chávena mal cheia de óleo
1 chávena de sumo de laranja
3 chávenas de farinha de trigo
raspa da casca de uma laranja
1 colher de chá de fermento em pó
manteiga para untar a forma e farinha para polvilhar

Separe as gemas das claras e bata as ultimas em castelo firme. Reserve.
Bata as gemas com o açucar até ficar uma gemada cremosa. Depois junte o óleo em fio batendo sempre.
Junte depois o sumo de laranja e a raspa da casca. Aos poucos vá juntando a farinha misturada com o fermento, alterando com as claras. Envolva tudo delicadamente, sem bater muito..
Deite a massa dentro de uma forma untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido por cerca de 35 minutos. verifique se está cozido e desenforme ainda morno. (ESTE BOLO CRESCE MUITO...)

NOTA: como eu gosto sempre de inventar, quando tiramos o bolo do forno e estava ainda quente, piquei-o todo com um palito. Depois espremi uma laranja e ao sumo juntei um pouco de água e um pouco de açucar em pó... aqueci um minuto no microondas e deitei por cima do bolo para ensopá-lo... ficou uma maravilha!

PUDIM DE FRUTAS CRISTALIZADAS


Uma sobremesa óptima para os dias quentes que se aproximam.

1 lata de leite condensado
3dl de leite de coco
1 cálice de licor beirão
8 folhas de gelatina incolor
6dl de natas
100gr de fruta cristalizada
10 palitos de champanhe

Coloque o leite condensado e o leite de coco numa tigela e misture-os bem com o licor beirão. dipsonha as folhas de gelatina durante 3 minutos em água fria. escorra-as e leve-as ao lume com um pouco de água até derreterem, mexendo sempre. junte a gelatina á mistura de leites mexendo com uma vara de arames. bata as natas bem frias.pique a fruta cristalizada e distribua-a pela base de uma forma de bolo inglês.

Deite metade do recheio por cima.
Coloque os palitos de champanhe e cubra com o restante preparado.

Leve ao frio até solidificar. Ao servir, para melhor desenformar mergulhe a forma em água quente e vire sobre um prato de servir.

TAÇA TRICOLOR

Uma sobremesa óptima para quem gosta de frutos silvestres...


3 folhas de gelatina
300gr de frutos silvestres congelados (usei os do Plus)
200gr de açucar
400ml de natas
200gr de queijo creme (usei Philadelphia light)

Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Coloque as framboesas num tacho e leve-as a lume brando com metade do açucar.


Retire, adicione a gelatina escorrida e mexa até dissolver. Reserve.



Bata as natas, junte o restante açucar e continue a bater até fazer chantily. Reserve um pouco das natas para decorar e misture o restante com o queijo creme. Divida este preparado em 2 partes e a uma das partes junte metade do preparado de framboesas que reservou.
Ponha numa taça o preparado de framboesas


Por cima ponha o creme de framboesas misturado com o queijo creme.



Decore com as natas que reservou e ponha por cima grangeias coloridas.... Sirva bem fresquinho.

BOLO DE CHOCOLATE E NOZES


Cá está mais uma receita que retirei do petiscos da autoria da sónia3. Já há bastante tempo que fiz este bolo e tenho que repeti-lo, pois bolo de chocolate com nozes fica sempre bem em qualquer mesa.

Bolo:
5 ovos
250 gr. de acucar
250gr. de chocolate em pó
260gr. de farinha
120gr. de miolo de noz
1 colher de chá de fermento
1 colher de sopa de manteiga
1 dl de leite morno

Cobertura:
200gr. de chocolate em tablete
1 colher de sopa de manteiga
1 dl de natas
metades de noz para enfeitar

Bate-se as gemas com o acucar, adiciona-se o leite morno e a manteiga amolecida, mistura-se o chocolate em pó e o fermento, juntar o miolo de noz. Bater as claras em castelo e juntar ao preparado anterior, alternando com a farinha e batendo sempre.
Levar ao forno por 50 minutos.
Misturar o chocolate em pedacos, a manteiga e as natas ( levar ao lume em banho maria, mexendo até obter um preparado homogéneo ).
Deixar arrefecer o bolo completamente e cobrir com a cobertura e decorar com metades de noz.




segunda-feira, 28 de Maio de 2007

BOLACHINHAS INTEGRAIS COM DOCE


Fiz estas bolcahinhas para o lanche cá de casa... são muito saborosas.

100gr de margarina
80gr de açúcar
50gr de coco ralado
0,5dl de leite
200gr de farinha integral
Doce de sabor à escolha

Unte um tabuleiro com manteiga e forre com papel vegetal também untado (ou em alternativa use papel de forno) e ligue o forno a 190º.
Bata a margarina derretida com o açúcar durante alguns minutos até ficar com uma consistência cremosa. Adicione depois o coco ralado e bata mais um pouco. Junte o leite e a farinha e bata até a massa se despegar bem do recipiente e ficar com uma consistência de areia.

Molde as bolachinhas e espete o dedo no meio, de modo a formar uns pequenos orifícios.

Com a ajuda de uma colher de café encha os orifícios com doce de sabor a seu gosto (eu usei doce de tomate, embora tenha enganado a minha filha e tenha dito que era de morango).


Leve ao forno por cerca de 12 minutos…


Retire do calor, deixe arrefecer e sirva acompanhadas de um bom chá…

domingo, 27 de Maio de 2007

QUICHE DE DOMINGO


Confesso que hoje estava num daqueles dias em que não me apetecia muito cozinhar nem fazer nada de muito trabalhoso... daí surgiu a ideia desta quiche.....

Levei a saltear numa frigideira com manteiga 3 dentes de alho, cubinhos de chourição, fiambre, paio, mortadela, uma lata de cogumelos, sal, pimenta e ervas aromáticas.


Forrei uma tarteira com massa folhada (daquela já pronta a desenrolar, que foi uma das melhores coisas que inventaram até hoje..) e no fundo coloquei uma camada de queijo ralado.
Por cima coloquei o preparado das carnes. Bati 4 ovos com 1 pacote de natas, temperei com uma pitada de sal e pimenta, coloquei por cima da quiche e cobri com bastante queijo ralado.


Levei ao forno já aquecido cerca de 25 minutos... este foi o resultado. São servidos de uma fatia?

TARTE DE MORANGOS

Esta tarde, na companhia da minha filhota, fiz uma tarte de morangos que tirei daqui, o site da minha querida amiga (e madrinha do natal passado), a ddar (ou Dulce)...

250 g de morangos
2 iogurtes (usei de aroma de morango)
1 saqueta de gelatina de morango
200 g de bolacha maria
70 g de manteiga

Lave e tire os pés aos morangos; escolha 3 ou 4 dos mais bonitos e deixe-os para decorar.
Corte os restantes em bocados para dentro do copo da varinha mágica, junte os iogurtes e triture tudo com a varinha.
Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem e junte ao batido de morangos.
Bata de novo com a varinha para misturar bem a gelatina.
Pique as bolachas na picadora.
Deitar numa tarteira de vidro, juntar a manteiga e misturar ao mesmo tempo que as vai espalhando sobre o fundo da forma.
Por cima deite o batido de fruta e gelatina e leve a solidificar, no frigorífico.

Sopa à Anna

Esta sopa surgiu da ideia que a Anna do Petiscos me deu, de usar beringela nas sopas, coisa que eu nunca tinha feito mas gostei.... dá um toque muito aveludado à sopa.
Obrigado Anna pela sugestão...

300gr de curgettes
1 nabo
1 beringela
150gr de abóbora
3 cenouras
1 cebola grande
3dentes de alho
1dl de azeite
1 caldo knorr de galinha
½ couve branca sal q.b.

Descascar a cebola e os dentes de alho e levá-los ao lume com o azeite e deixar refogar um pouco mas sem ganhar muita cor.



Lavar, descascar e cortar os restantes legumes em pedaços (usar apenas 2 cenouras), juntar á panela e adicionar cerca de 1,2l de água, o cubo de caldo de galinha e um pouco de sal. Deixar cozer cerca de 20 minutos.
Enquanto isso corte a restante cenoura em meias luas finas e corte a couve em pedaços pequenos (ou em juliana fininha se preferir).



Reduza a base de sopa a puré, junte a couve e a cenoura e deixe cozer mais um pouco. Rectifique os temperos e sirva.

O "TI-ZÉ" DO FIGO


Conhecem o "Ti-Zé" do Figo?

É um dos vendedores ambulantes que vendem junto ao Cabo de S. Vicente.... Vende desde frutos secos, figos, tâmaras, bolos de figo e de amêndoa, a umas laranjas e tangerinas deliciosas (ao módico preço de 0,50€ o quilo.... )
Ainda por cima é um vendedor que se nós pedirmos 2 quilos, ele é capaz de pesar quase 3, mas cobra-se apenas de 2...
E ainda tem sempre umas laranjas de parte para nos dar a prova.... Espero que o Ti-Zé tenha muitos e longos anos de vida para continuar no seu negócio...
E vocês quando vierem ao Cabo de S. Vicente vão comprar-lhe umas laranjas, que são do melhor que há....

JOGO DOS VETERANOS DO SAGRES


Esta manhã foi manhã desportiva no concelho. Tivemos no campo de Vila do Bispo o encontro de futebol entre as equipas de Veteranos do Sagres (da qual o meu marido faz parte) e da Messejana, em que a nossa equipa saíu vitoriosa por 6 golos, contra 2 golos marcados pela equipa da Messejana (moços pouco habituados aos ares fortes que vêem do mar, por isso andavam meio zonzos...)

Agradou-me imenso ver o meu amigo Luis Paixão a jogar - força Luis!!! És o maior!!!
Grande equipa a dos nossos Veteranos.... é a prova de que os "velhos" ainda sabem jogar à bola....
E olhem só as caras de satisfação depois da vitória: cansados mas felizes (e já a pensar no almoço).....

CAFÉ CREMOSO


Esta é uma dica óptima para todas as pessoas que são viciadas em café como eu...
Vi a ideia no petiscos através da Nandavale, embora a mesma receita tambem estivesse no fórum da Romy.... só vos digo que é uma delícia..... mas isto é das tais coisas que só provando, nem há palavras para descrever a maravilha que é...
Aproveito para dizer que fiz apenas metade da receita indicada pelas meninas, e mesmo assim rende bastante.. por isso acho que estas quantidades são as ideias para uma "casa de família"...

25gr de café solúvel (utilizei da marca Dia)
1,5 chávena de chá de açucar
3/4 de chávena de chá de água a ferver

Bater tudo com a batedeira eléctrica, em velocidade média, entre 10 a 15 minutos. Vai ficar com um aspecto de um chantily muito cremoso, qualquer coisa deste género:


Agora vem a melhor parte da receita: transferir este preparado para uma caixa plástica e colocar no congelador. Assim têem sempre este preparado à mão para fazerem os vossos capuccinos. Quando quiserem utilizar é retirar apenas 2 ou 3 colheres de sobremesa do preparado (não se preocupem, pois mesmo no congelador não congela), juntar leite quente, açucar ou adoçante se desejarem (eu juntei uma "hermeseta"), mexerem bem e ficam com um cappuccino super cremoso (eu por cima polvilhei com um pouco de chocolate em pó), digno de causar inveja aos melhores capuccinos do mundo.
Exprimentem e depois digam alguma coisa... e se quiserem vir tomar um capuccino à minha casa, ainda ali tenho bastante preparado de creme.
Nota: para a próxima hei-de exprimentar a fazer com adoçante, mas não sei se o efeito será o mesmo... só tentando.