Sugestões para oferecer ou para ler...


sábado, 29 de Setembro de 2007

CARIL DE FRANGO

Vi esta receita numa revista (acho que foi na Teleculinária) mas fiz algumas adaptações, pois a receita original falava em malaguetas e em côco ralado, e eu achei que com esses ingredientes "a coisa" não seria bem aceite cá em casa.
Assim sendo, aqui fica a minha versão:

Num tacho coloquei uma cebola grande picada com 2 colheres de sopa de azeite, 1 colher de sopa de margarina, um pouco de sal e 2 folhas de louro. Levei ao lume até alourar a cebola.
Numa taça misturei 2 colheres de sopa de caril em pó com 1 colher de sopa de farinha. Juntei ao tacho e deixei ao lume por 2 minutos, mexendo sempre. Juntei os pedaços de frango e deixei fritar um pouco na mistura, voltando para envolver bem.
À parte misturei 2dl de leite de côco com 1dl de leite normal. Juntei ao frango, envolvi bem, adicionei um caldo knorr de galinha e deixei em lume brando por cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando.
Passado esse tempo rectifiquei o sal, juntei o sumo de 1 limão e deixei ao lume por mais 10 minutos, mexendo constantemente.
Retirei as folhas de louro e servi com arroz branco.
Receita aprovada... os meus risonhos gostaram muito!

sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

NÓS E OS LIVROS...

A Belinha Gulosa (www.receitinhasdabelinhagulosa.blogspot.com) para se desforrar do desafio que eu lhe lancei, lançou-me um de volta.

Consiste em agarrar no 1º livro que tiverem à mão (não vale estar a escolher), abrir na página 161 e transcrever a 5ª frase completa.
Como estou no trabalho, o livro que tinha à mão foi um que até já li....


"-John, acho que o bébé é capaz de estar a chegar."
Marley & Eu Autor: John Grogan

Agora reenvio o desafio para as seguintes amigas:

Inha - www.as-receitas-da-inha.blogspot.com
Winnie - www.winniepetiscos.blogspot.com
Natércia - www.fielaotacho.bogspot.com
Elvira - www.elvirasbistrot.blogspot.com
Marizé - www.tachosdensaio.blogspot.com
Divirtam-se e tenham umas boas leituras...

quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

5 NOVAS ESTRELAS...

Recebi este prémio, ou nomeação (ou lá como lhe queiram chamar) da minha amiga e companheira blogueira de culinária Romy... querida amiga, obrigado pela lembrança...


Agora tenho eu que "passar" a bola a outras meninas... se me fosse permitido nomeava todas, mas como só se pode escolher 5, aqui vão as minhas escolhas:

Inha Winnie Natércia Belinha Brites
Agora é com vocês meninas... beijocas a todas e uma vez mais obrigado à Romy.

SOPA DE CARNE COM COTOVELINHOS

Não sei como é que está o tempo aí pelas vossas zonas, mas por cá as noites já são bastante frescas, o que convida a uma sopa bem quentinha à hora do jantar.... esta sopa lembra-me o Outono que está mesmo a chegar.


Num tacho com cerca de 1,5l de água coloquei uma cebola em meias luas, 2 dentes de alho laminados, 300gr de carne de porco em pedaços, uma folha de louro e 2 cenouras grandes coratadas ao meio. Temperei com sal e um pouco de azeite e levei a cozer por cerca de 20 minutos.
Depois disso coei o caldo, retirei a folha de louro, mas como gosto muito do sabor do alho e da cebola juntei-os novamente ao caldo (para quem não gostar do sabor pode eliminar estes dois ingredientes). Levei ao lume até levantar fervura e juntei cerca de 120gr de massa cotovelinhos míuda. Cortei a carne em pedaços pequenos e as cenouras em rodelas e juntei ao caldo até acabar de cozer a massa.
Rectifiquei os temperos e servi bem quentinha.
Quem quiser uma tacinha é só puxar uma cadeira e sentar-se à mesa....

quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

AGRADECIMENTO A QUEM ME VISITA

Eu tinha que fazer esta merecida homenagem mais cedo ou mais tarde....
Tenho que agradecer a todos vocês que me visitam e que me deixam os vossos simpáticos comentários. Sem vocês este blog não tinha razão de ser.
Obrigado pelas palavras de apoio e incentivo que me deixam, pelas opiniões trocadas, pelas questões colocadas e pelos elogios que me fazem...
A todos os membros da comunidade blogueira e não só (porque também recebo visitas de pessoas que não têem blogs) eu quero deixar o meu muito obrigado e uma enorme salva de palmas para todos vocês.
Obrigado por gostarem do que eu faço, obrigado por gostarem de mim como eu sou.
E para aquelas pessoas que não gostam de mim e que não apreciam o que eu faço (sim... porque eu sei que não se consegue agradar a gregos e troianos) desculpem-me mas eu não sei ser de outra maneira. Tenho os meus defeitos como qualquer pessoa os tem, mas tento viver a minha vida sem prejudicar ninguém e agradecendo sempre a quem me ajuda e quem me trata bem (que é o que estou a fazer agora)

Amigos visitantes, obrigado por tudo, vocês têem sido uns anjos para mim, super queridos e têem-me dado muto incentivo para que este blog não pare e para que vá melhorando a cada dia
.


Nota:Eu já tinha prometido a mim mesma que não iria nomear nomes para não correr o risco de me esquecer de alguém, mas há um nome que eu não posso deixar de mencionar.
Além de todos os agradecimentos que escrevi quero daqui enviar um muito especial para a minha querida amiga
Inha, pois foi graças a ela que este blog nasceu... digamos que ela foi uma espécie de "parteira" que ajudou a trazer este blog ao mundo (eu achava sempre que não era capaz de criar um blog, quanto mais mantê-lo a funcionar).
Querida Inha, temos um oceano entre nós mas os nossos corações estão unidos por uma forte amizade. Como madrinha deste blog deixo-te aqui um beijinho enorme e um agradecimento por tudo o que me tens feito.
OBRIGADO POR TUDO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO!!!

segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

MOLOTOF COM MOLHO DE BAUNILHA

Hoje é dia de visitas para o almoço (e se calhar prolongam-se também para o jantar...). Levantei-me cedo para despachar a Risonha Júnior para a escola, fui fazer a minha caminhada matinal e depois resolvi fazer este docinho para aproveitar claras que tinha congeladas. Como não quis estar a fazer barulho para que o maridão não acordasse, mudei de "laboratório" (leia-se cozinha) e fui fazer o molotof para a cozinha da mamã Risonha....


Untei uma forma com margarina. Bati 8 claras em castelo bem firme. Depois adicionei 8 colheres de sopa de açucar, uma de cada vez, batendo bem entre cada adição.
Deitei na forma alisando a superfície e levei ao forno por 10 minutos (o forno já estava pré-aquecido e com um tabuleiro de água dentro, para que a água já estivesse quente quando pusesse o molotof).
Passado esse tempo retirei o molotof do forno, deixei arrefecer um pouco e desenformei.
Para o molho de baunilha utilizei uma embalagem de pudim de baunilha, mas fiz apenas com 350ml de leite, para que ficasse mais espesso. Depois do molotof desenformado cobri com o molho de baunilha e por cima coloquei miolo de amêndoa levemente torrado.
Acham que farei boa figura com a sobremesa???? Depois do almoço é que o posso dizer....

sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

CANTARILHO NO FORNO À BELINHA

O que fazer quando se tem dois cantarilhos grandes em casa e não nos apetece fazer o tradicional peixe cozido? Inspirarmo-nos nas receitas das amigas e pôr mãos à obra!!!
Para esta receita fui a buscar a ideia de uns filetes que tinha visto há dias no blog da minha amiga Belinha e que me ficaram debaixo de olho... e a minha ideia era mesmo um dia fazer com filetes. Mas isto as coisas nunca correm conforme planeado e, como sempre, "avacalhei" a receita da pobre da Belinha (desculpa lá amiga).... mas para tentar compensá-la, baptizei-a com o nome dela.... espero que ela me perdooe... eh eh eh


Arranjei os dois cantarilhos e dei-lhes um corte a meio do lombo.
Num tacho levei ao lume uma cebola em meias luas, 2 dentes de alho picados, 2 tomates cortados em cubinhos, um bom gole de azeite, pimenta e apenas um pouco de sal. Deixei refogar um pouco, juntei um pouco de vinho branco e deixei apurar 5 minutos. Adicionei um pacote de sopa de creme de marisco e uma chávena almoçadeira de água, mexendo bem para não criar grumos e deixando apurar mais um minuto.
No fundo de um tabuleiro coloquei uma camada do preparado de cebolada com o creme de marisco, por cima o peixe e cobri com o restante preparado. Polvilhei abundantemente com pão ralado e levei ao forno pré-aquecido por cerca de meia hora.
A meio do tempo voltei o peixe, envolvendo-o bem no molho e polvilhei com mais um pouco de pão ralado.
Acompanhei com batata cozida, cenoura e ovo cozido.

Moral da história: eu achei uma delícia.... a filhota não comeu quase nada, pois achava que o peixe estava "diferente" (ela e a aversão a coisas diferentes) e o maridão comeu a parte dele e a parte que a filhota não quis... o que quer dizer que adorou....
Obrigado Belinha por estas ideias fantásticas que tens e partilhas conosco...

SOPA DE HORTALIÇA

Ouvi por aí dizer que as meninas (e meninos também, claro!) que me visitam já estavam com saudades de uma das minhas sopinhas... então cá vá mais uma!
Esta é uma daquelas sopas a que o meu pai chamava de "enfarta-brutos", pois é uma sopa muito rica que só por si serve de refeição. Tenho a certeza que se o meu pai estivesse entre nós ia adorar comê-la....


Pôr ao lume um tacho com cerca de 2l de água com um caldo knorr de legumes até ferver.
Enquanto isso preparar 2 cenouras grandes, 2 nabos, 2 curgettes, 1 tomate, 1 cebola, 1/2 couve coração-de-boi e cerca de 200gr de feijão verde. Cortar tudo em pedaços pequenos. Assim que a água estiver a ferver juntar os legumes, temperar com um pouco de sal e deixar cozer. Se achar necessário adicionar mais um pouco de água.
Quando os legumes estiverem meio cozidos juntar 1/2 chávena de chá de arroz, 150gr de presunto cortado em cubinhos pequenos e um fio de azeite. Deixar ao lume mais 15 minutos.
Rectificar os temperos e servir.
Esta sopa para mim serve de jantar, e tenho que comer uma tacinha pequena senão fico "atulhada".... LOL

quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

7 MOMENTOS DA RISONHA...


A minha amiga Anna convidou-me para este desafio que consiste em transcrever 7 momentos marcantes da minha vida.
A tarefa é difícil, pois já tive inúmeros momentos que me marcaram, uns felizes e outros tristes, mas vou tentar....

* o dia em que nasceu a minha filha, pois estávamos todos com uma grande ansiedade por esse momento, em primeiro lugar porque não sabíamos se era menino ou menina e depois porque ela esperou até ao último dia para nascer (o que me "rendeu" 42 semanas de gravidez). Nasceu uma matulona saudável e linda, com 3,850kgs e 52 cm... no dia 12 de Julho de 1997.

* o dia 20 de Abri de 2000, que foi o dia em que fiquei sem o meu querido pai. Saí de casa de manhã e ele ficou bem.. à hora de almoço quando cheguei a casa vi-o morrer à minha frente, vítima de um enfarte.... Querido Pai, um beijo para ti neste momento. Sabes que estás sempre no meu coração.

* o dia em que comecei a namorar com o meu marido (dia 26 de Abril de 1992), pois já nos conhecíamos desde crianças, fomos colegas de trabalho algum tempo e só depois disso é que começamos a namorar.

* o dia do meu casamento (16 de Setembro de 1995) pois foi um dia que correu tal como planeado, esteve um dia lindo, a cerimónia foi linda e a festa correu às mil maravilhas... e já rendeu 12 anos de casamento (festejados há poucos dias) muito felizes, com altos e baixos como em qualquer relação.

* o dia em que fui deixar a minha filha pela primeira vez na escola primária, em que ela ficou feliz, contente e orgulhosa de já ir para a escola "dos meninos grandes" e que eu, como sou uma mãe galinha e muito tonta, fui trabalhar e levei toda a manhã a chorar por pensar que a minha filha estava na escola.

* a segunda feira passada, em que a minha filha entrou para o 5º ano, teve que ir para uma escola diferente, fora de Sagres (em que tem que apanhar autocarro para lá e para cá, em que sai de casa às 7h30 da manhã e só volta ao fim da tarde) e que eu levei todo o dia com dores de barriga, cheia de nervos até saber se ela se ia adaptar ou não (ao menos desta vez não chorei... LOL).

* os momentos que passei na minha infância na praia do Castelejo, em que ia para lá passar o dia com os meus pais e enquanto o meu pai ia pescar para cima do rochedo, eu e a minha mãe aproveitávamos a maré baixa para apanhar lapas e burgaus.


Estes são alguns dos momentos que mais me marcaram.... existem muitos mais, mas achei por bem destacar estes.
Agora "passo a bola" deste desafio às minhas amigas Inha e Tareca. Entrem na brincadeira que não custa nada....

quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

MOUSSE DE LIMÃO

Uma receita maravilhosa que me foi dada pela minha grande amiga Inha e que fez sucesso cá em casa.

3 claras
1 lata de leite condensado
1 pacote de natas
1/2 chávena de chá de sumo de limão
Bolacha ralada q.b.





Bater as claras em castelo. Enquanto isso, noutra tigela misture as natas e o leite condensado. Acrescente o sumo de limão e as claras em castelo.
No fundo de uma taça coloque uma camada de bolacha ralada, uma camada de mousse, nova camada de bolacha e termine com uma camada de mousse.
Decore com rodelas de limão e grangeias coloridas.
Querem mais fácil do que isto? Mais fácil não pode haver... façam e comprovem como é bom!!!

terça-feira, 18 de Setembro de 2007

BERINGELA COM MIUDEZAS E MOZZARELLA

Tinha uma beringela no frigorífico já há alguns dias sem saber o que lhe fazer... bateu-me a inspiração no momento e eis o que saíu:


Lavei a beringela, cortei-lhe as extremidades e cortei-a ao meio, de modo a ficar com duas metades ao alto. Escavei o interior com uma colher para retirar a polpa, tendo o cuidado de não perfurar o fundo.
Num tacho coloquei uma cebola e um dente de alho picados, um tomate em cubinhos, sal, pimenta e um pouco de azeite e levei ao lume. Deixei alourar um pouco e juntei o miolo que retirei da beringela, picado, algumas miudezas de frango, refresquei com um pouco de vinho branco e deixei em lume brando para estufar um pouco. No final adicionei um pouco de ervas de provence e envolvi bem.
Coloquei as metades de beringela num pirex untado com um fiozinho de azeite, recheei-as com a mistura e por cima coloquei fatias finas de queijo mozzarella, finalizando com mais um pouco de ervas de provence.
Levei ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de meia hora... e foi de comer e chorar por mais.

sábado, 15 de Setembro de 2007

SOPA DE FÍGADOS DE FRANGO COM ERVILHAS

Sopas, sopas e mais sopas.... Quem me conhece sabe que eu sou doida por sopas... Ainda há dias uma amiga minha minha me dizia que nunca tinha visto um blog com tantas sopas postadas como o meu... LOL
Para mim as sopas quanto mais variadas melhor. Deixo-vos mais esta:


Num tacho coloquei cerca de 1,5l de água, 2 cenouras grandes, 2 curgettes grandes e uma cebola, tudo cortado em pedaços. Juntei cerca de 200gr de fígados de frango (usei também alguns corações), temperei com sal e deixei cozer.
Retirei os fígados com uma escumadeira e reduzi os legumes a puré com a varinha mágica. Acrescentei uma chávena de ervilhas congeladas, os fígados (que entretanto tinha cortado em pedacinhos mais pequenos), um fio de azeite e um caldo knorr de galinha.
Deixei ao lume até as ervilhas cozerem, rectifiquei os temperos e servi....
Bom apetite!!!

sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

RISOTTO DE SALSICHAS E AÇAFRÃO

Lancem os foguetes... dêem pulos de alegria e contentamento e brindem-me com uma grande salva de palmas!!! Fiz o meu primeiro risotto e nem me saí muito mal.
O marido aprovou... a filha nem por isso, creio que derivado à côr (consequência do açafrão)... para ela o arroz deve ser e tem que ser branco... se a tonalidade muda já franze o nariz...
Eu adorei o meu risotto e agora que lhe apanhei o jeito vou repetir muitas vezes.... LOL!


Colocar num tacho cerca de 1,5l de água com sal. Após levantar fervura juntar 6 salsichas frescas e deixá-las cozer por 5 minutos. Após esse tempo retire-as e corte-as em pedaços. Reserve a água da cozedura, mantendo-a ao lume para não parar a fervura.
Noutro tacho deite uma cebola picada com 2 colheres de sopa de manteiga e deixe a cebola alourar. Junte um alho francês (apenas a parte branca) cortada em rodelas finas e deixe murchar um pouco. De seguida junte 2 tomates (sem pele nem sementes) cortados em cubinhos.
Junte meio copo de vinho branco, tempere de sal e pimenta, junte 1,5 colher de chá de açafrão e deixe reduzir um pouco.
De seguida adicione cerca de 200gr de arroz para risotto (podem ver na foto o que eu usei) e deixe o arroz refogar um pouco nesse preparado.
Vá adicionando chávenas da água onde cozeu as salsichas, que deve estar a ferver (daí a ter mantido ao lume para não parar a fervura), tendo o cuidado de deixar evaporar o caldo antes de adicionar mais líquido.
A meio do processo junte as salsichas. Vá mexendo sempre de modo a que o risotto fique cremoso. Apague o lume e sirva de seguida, polvilhando com salsa picada a gosto.

Nota: tenho que agradecer à Romy as dicas que ela escreveu no Petiscos, pois as suas explicações ao explicar a outra menina como se cozia um risotto em condições ajudaram-me muito.

DESAFIO A TODAS AS BLOGUEIRAS - HOMENAGEM A ANA ALMEIDA

Desde ontem que toda a comunidade blogueira está abalada com a morte da nossa querida Ana Almeida, companheira destas lides culinárias. A partir de ontem ganhámos mais um anjo no céu...


Para além de todas as homenagens que já lhe fizemos achei que era bonito e bem merecido fazermos mais uma...
Como tal lanço um desafio a todas as blogueiras e peço o favor de passarem a palavra:

ATÉ AO FINAL DO MÊS DE SETEMBRO VAMOS ESCOLHER UMA RECEITA DO BLOG DA
ANA E VAMOS FAZÊ-LA, DEDICANDO-A À NOSSA COMPANHEIRA QUE PARTIU PARA OUTRA DIMENSÃO!
Pode ser qualquer uma.. quanto mais gente participar melhor....

Espero que gostem e que adiram a este desafio. Passem a palavra por favor...


Querida Ana, estarás sempre nos nossos corações... és a estrela mais brilhante que está no firmamento. Nunca te esqueceremos....

MOELAS À POKAONTAS

Esta foi uma receita feita já há bastante tempo e que publiquei no Petiscos e que foi feita baseada nas minhas invenções e nas dicas que a minha amiga Pokaontas me tinha dado... Espero que gostem.





Num tacho coloquei uma cebola e 3 dentes de alho picados, azeite,um caldo knorr de galinah, uma pitada de noz moscada, cravinho moído, sal e pimenta e deixei alourar um pouco. Juntei as moelas arranjadas e cortadas aos pedaços, tapei o tacho e deixei suar por 5 minutos.
Juntei uma lata de cogumelos laminados, um pouco de polpa de tomate e um gole de vinho branco e deixei estufar em lume brando.
Quando as moelas já estavam tenras escorri o molho para um tacho à parte. Numa tigela misturei um pouco de brandy com uma colher de farinha maizena. Mexi bem de modo a ficar bem misturado, juntei ao molho e levei ao lume mexendo sempre até o molho engrossar e ficar com uma consistência aveludada.
Coloquei as moelas numa travessa, pus o molho por cima e acompanhei com arroz de ervilhas.

quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

MAIS UMA ESTRELA NO FIRMAMENTO...


Foi com grande choque e desgosto que esta manhã li que a nossa companheira da "blogosfera" culinária, a nossa querida Ana de Almeida, tinha falecido, vítima de um acidente de viação que tinha sofrido no passado mês....
A notícia foi confirmada no seu blog através da sua sobrinha Sílvia...
Fiquei sem palavras, nem sei o que dizer.. é nestes momentos que nos apercebemos que a vida vale muito pouco e que por vezes nem vale a pena nos chatearmos por ninharias....







Aos familiares e amigos da Ana de Almeida quero deixar os meus mais sentidos pêsames e que Deus vos dê forças e coragem para enfrentarem esta perda.

Quanto a ti Ana, não te digo adeus... para ti é até já..... um dia havemos de nos encontrar para trocarmos ideias e dicas culinárias...
Descansa em paz minha querida!

quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

"MISTURÓ-RESTO"

Nunca vos aconteceu terem uma série de coisas de resto em casa? Aposto que sim...
Era o meu caso hoje: resto de frango assado, um pacote com um restinho de taglietelle verde que já nem chegava para uma refeição, uma pontinha de salame, um pouco de queijo em barra, etc...
Resolvi pegar nisto tudo e improvisar um jantar... o resultado não foi pior (já temos comido coisas melhores e definitivamente já comemos coisas piores.. rsrsrs).
A minha filha é que lhe deu nome, que eu nem sabia como é que havia de chamar a esta refeição.


Aproveitei um pacote que tinha com um resto de tagliatelle verde e outro com um restinho de esparguete e coloquei-os a cozer "al dente" em água temperada com sal e um fiozinho de azeite....
Desfieei um resto de frango assado que tinha, ralei uma pontinha de salame que estava no frigorífico, e já que estava com o ralador na mão, ralei também uma cenoura grande.
Aqueci um pouco de azeite no wok e alourei um dente de alho picado. Juntei o frango, o salame e a cenoura, deixando saltear bem e temperei com um pouco de pimenta e molho de soja.
Depois da massa cozida escorri-a e coloquei-a num pirex, acrescentando um pouco de manteiga e envolvendo bem. Coloquei por cima a mistura do frango e mexi com 2 garfos para misturar bem.
Cobri com queijo ralado e polvilhei com sementes de sésamo. Levei ao forno a gratinar.

Espero que tenham gostado desta minha mistura de restos.... é que desta vez não restou nada para contar a história!!!

terça-feira, 11 de Setembro de 2007

EMPADÃO DE CARNE COM AMÊNDOAS

Hoje tinha tirado carne picada pensando fazer uma bolonhesa para o jantar... mas depois bateu-me a inspiração e resolvi fazer uma coisa com um toque mais sofisticado.
Pus a imaginação a trabalhar e eis o que deu....





Levei ao lume uma cebola e dois dentes de alho picados com um pouco de azeite, um caldo knorr de carne, um pouco de sal e pimenta. Depois de tudo alourado juntei 2 colheres de sopa de polpa de tomate e um pouco de vinho branco para refrescar e deixei apurar um pouco.
De seguida juntei carne de vaca picada, cogumelos frescos laminados e um pouco de miolo de amêndoa com pelo, picado grosseiramente. Envolvi tudo muito bem, baixei o lume, tapei o tacho e deixei que refogasse lentamente.
Enquanto isso preparei um puré de batata, bem temperado com sal, manteiga e noz moscada.
No fundo de um pirex untado com margarina coloquei uma camada de puré de batata, por cima o recheio de carne e novamente uma camada de puré de batata. Alisei, pincelei com gema de ovo batida e polvilhei com mais um pouco de amêndoa picada.
Levei ao forno pré-aquecido para gratinar a gosto (nós cá em casa gostamos bem tostadinho... quem quiser pode deixar apenas alourar um pouco)... Retirei do forno e servi de seguida....

Estava bastante bom pois o comentário que a minha filha fez foi o seguinte:
"Mãe, está bué de bom! Esmeraste-te!!!"
Está tudo dito..... lol!

segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

VII AGRO-EXPO DE VILA DO BISPO

Agora uma conversa "fora à parte" da cozinha... tinha que partilhar com vocês que nestes últimos 4 dias realizou-se a 7ª edição da Agro-Expo em Vila do Bispo....
Sim, em Vila do Bispo... quem diria, não é?
Para quem não sabe Vila do Bispo é sede de concelho (não é Sagres que é concelho como muita gente pensa) e é a minha terra: foi onde nasci e vivi até casar e para mim é a terra mais bonita do mundo e onde tem as pessoas mais simpáticas do nosso país...

Voltando à Agro-Expo esta feira engloba diversas actividades como exposição de gado, provas equestres, demosntrações de cães da PSP e GNR, show de araras, diversos expositores com os mais variados temas e produtos para venda (bolos, licores, produtos de beleza, anéis, roupas, etc) e numa outra tenda à parte as tasquinhas, onde estão representados vários restaurantes com diferentes iguarias e petiscos para um lanche ou para jantar.
Aqui vos deixo algumas das fotos que tirei no 2º e no último dia, porque no 1º dia esqueci-me da máquina em casa e no 3º dia levei a máquina sem pilhas.,.. DAHHHHHHHHHHHHH!!!!


Actuaram desde o 1º ao 4º dia os seguintes artistas: José Alberto Reis, Rita Guerra (que deu um espectáculo 5 estrelas), Ala dos Namorados e Santos & Pecadores (que terminaram o espectáculo fazendo um dueto com o Nuno Guerreiro da Ala dos Namorados, que tinha gostado tanto da minha terra que actuou no Sábado e no Domingo ainda por lá andava.. LOL)
Mas para mim a melhor parte da feira foi o baile de Sábado à noite animado pelo cantor de música afro-kizomba: Xico Barata... quem tiver oportunidade de o ir ver não perca, pois dá um belo show, e para quem gosta de dançar é uma maravilha.... quem quiser visite a sua página que ainda está um pouco pobrezinha, mas está em construção...

No último dia houve um magnífico espectáculo de fogo de artifício para encerrar a feira.
Tudo isto para vos dizer que estou orgulhosa da minha terra... a Agro-Expo tem vindo a melhorar a olhos vistos ano após ano, e se por este ano já terminou, estou deveras ansiosa para que venha a próxima, pois se esta já foi tão boa, a próxima será melhor ainda, com toda a certeza!!!
Por isso já sabem: se para o próximo ano vierem para estas bandas no início de Setembro, não deixem de vir à Agro-Expo em Vila do Bispo.....

SOPA DE FEIJÃO FRADE COM CHOURIÇO

A minha filha adora feijão frade e andava sempre a perguntar-me "Mãe, porque é que não fazes sopa de feijão frade?" Confesso que a ideia não me seduzia, mas ao dar volta a um livrinho que tenho encontrei esta receita...
Assim sendo cá fica mais uma sopinha para aquecer a alma, agora que o tempo já vai cheirando a Outono.



Colocar uma panela ao lume com cerca de 1l de água e uma pitada de sal. Juntar uma lata (das grandes) de feijão frade e um chouriço de carne. Deixar ferver cerca de 10 minutos.
Após esse tempo retirar o chouriço e um pouco de feijão. Reduzir o resto a puré.
Adicionar o feijão que se reservou, um pouco de couve coração-de-boi cortada em juliana, um fiozinho de azeite e um caldo knorr de legumes. Deixar ao lume mais 5 minutos e no final juntar o chouriço cortado em rodelas.
Servir bem quentinha

sábado, 8 de Setembro de 2007

RED-FISH COM LEGUMES

Mais uma vez uma receita com dois ingredientes que eu aodro: peixe e legumes....

Cerca de 1kg de red-fish
sal e pimenta q.b.
sumo de 2 limões
2 alhos franceses grandes
2 tomates grandes maduros
1dl de azeite
4 colheres de sopa de vinho branco
1 cebola
3 dentes de alho
1 colher de sopa de coentros picados


Temperei o peixe com o sal, os alhos picados e o sumo de limão e deixei tomar gosto por cerca de uma hora.
Pus as postas de peixe numa assadeira com os alhos picados e um pouco do líquido da marinada e por cima coloquei 3 colheres de sopa de azeite e o vinho branco e levei ao forno.
Passados 10 minutos tirei o tabuleiro do forno e dei volta ao peixe, regando-o com o próprio molho... voltei a pôr no forno mais 10 minutos.
Nesse meio tempo cortei a cebola em rodelas, o tomate em pedaços e a parte branca dos alhos franceses em rodelas e também levei ao lume numa frigideira com o restante azeite.
Deixei cozinhar mexendo sempre até os legumes estarem macios... nessa altura retirei o tabuleiro do forno e coloquei os legumes por cima do peixe, levando ao forno por mais 10 minutos. No final polvilhei com os coentros picados.
Acompanhei com batata cozida.

sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

QUICHE DO MAR

Eu, para compensar o facto de o meu marido ter feito um bolo de bolacha tão delicioso, tinha que pensar num jantar que fosse do seu inteiro agrado.... inventei esta quiche... ele adorou e a minha filhota nem se fala!!!


Coloquei uma base de massa folhada numa tarteira e piquei o fundo com um garfo. Por cima coloquei 2 filetes de pescada cortados em pedacinhos e temperei com um pouco de sal fino e pimenta.
Acrescentei miolo de camarão, um pouco de queijo ralado, uma camada de cenoura ralada e por cima dispus algumas delícias do mar cortadas em tiras.
Bati 4 ovos com um pacote de natas, temperei com um pouco de sal e pimenta e deitei por cima da quiche. Polvilhei com queijo ralado e levei ao forno pré-aquecido a 200º por cerca de meia hora.
Foi servido logo de seguida, jantando ao ar livre, acompanhada de um bom vinho branco fresquinho e de um sorriso nos lábios....

BOLO DE BOLACHA DO MEU MARIDO

Se há coisa que o meu marido gosta é bolo de bolacha... arrisco-me mesmo a dizer que é a sua sobremesa favorita. Mas é uma das coisas que quando faço raramente me sai bem; ou é o creme que não fica saboroso, ou é a montagem do bolo que fica imperfeita, etc....
Por isso ontem ele disse "quem vai fazer um bolo de bolacha sou eu!". Confesso que nunca pensei que ele fosse capaz, pois ele e a cozinha andam sempre "de costas voltadas". Mas não é que fez e que ficou uma maravilha??? Estou orgulhosa e deliciada, pois este bolo ficou realmente muito bom.
A receita tirou-a daqui e até é bastante simples de fazer. Embora ele tenha alterado um pouco as quantidades originais ficou uma delícia.


Bater 300gr de açucar com 4 gemas de ovos até ficar cremoso. Juntar 300gr de margarina (que deve estar à temperatura ambiente) e bater de modo a que a mistura fique homogénea. Juntar 2 colheres de sopa de café forte e continuar a bater até o creme estar bem ligado.
Passar bolacha maria por café morno, sem as deixar amolecer demasiado, e montar o bolo, pondo as bolachas em forma de flor e fazendo camadas alternadas de bolacha e creme, sendo que a última camada deve ser de creme.
Decorar com bolacha ralada e alguns pedacinhos de granulado de chocolate. Servir bem fresco.
Adorei este bolo.... obrigado marido!!!!