Sugestões para oferecer ou para ler...


domingo, 30 de Dezembro de 2007

FELIZ ANO NOVO...

Acaba um ano, começa outro... o balanço até que nem é negativo.
Perdi algumas coisas: morreu o meu cão Pintas em Outubro, morreu a minha gata Lira há três dias atrás... mas, se pensarmos bem, enquanto forem os animais e ficarem as pessoas já não é mau.
Mas também ganhei algumas coisas: ganhei todo o ano a companhia da minha família e todos de perfeita saúde, a minha mãe fez duas cirurgias aos olhos que correram às mil maravilhas, a minha filha mudou de escola e, como já vem sendo hábito, teve notas excelentes...
Criei o meu blog... e acima de tudo fiz um monte de amizades novas através deste mundo da "blogosfera". Por isso o balanço do ano é bastante positivo!



Para todos aqueles que me visitam, de forma mais assídua ou apenas de "raspão" quero desejar um boa passagem de ano. Que o ano de 2008 traga muitas coisas boas para todos, e acima de tudo muita saúde, trabalho, paz, alegrias e se possível alguns trocados no bolso.
Que este novo ano que se avizinha seja um prolongar destas amizades que se vão criando "on-line", com muita partilha de receitas e dicas culinárias, sempre com muita alegria e boa disposição.

UM FELIZ ANO NOVO PARA TODOS VÓS, SÃO OS VOTOS DE TODA A FAMÍLIA RISONHA!!!

sábado, 29 de Dezembro de 2007

FILETES DE PEIXE À ALMIRANTE

Deixo-vos aqui um peixinho para desenjoar das doçarias do Natal... eh eh eh.
A receita vinha na revista "Ementa da Semana" e acho que é uma boa forma de cozinhar os filetes de pescada (ou de outro qualquer tipo de peixe), além de que é fácil e rápido de fazer.

800gr de filetes de peixe (usei filetes de pescada e 2 medalhões de pescada)
60gr de manteiga
1 limão (usei vinagre de cidra)
2dl de vinho branco
1,5dl de leite
1 colher de sopa bem cheia de farinha
sal e pimenta q.b.

Espalmar os filetes e temperar com sal, pimenta e um pouco de vinagre.
Untar um tabuleiro com um pouco de manteiga, dispôr os filetes, regar com o vinho e levar ao forno, a 160º, por 25 minutos, para cozerem sem tomarem côr.
Retirar os filetes e reservar o molho.
Levar ao lume a manteiga com a farinha e o leite e fazer um molho béchamel, adicionar 2dl do caldo de assar o peixe e mexer bem, rectificando os temperos.
Regar o peixe com o molho (aqui polvilhei com ervas aromáticas) e servir acompanhado a gosto. No nosso caso acompanhamos com arroz de feijão.

Nota: os filetes ficam com um molho muito cremoso e com um sabor um pouco ácido, o que os torna muito agradáveis ao paladar. Para a próxima acho que, na altura de servir, irei polvilhar com raspas de casca de limão.

sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

DELÍCIA DE IOGURTE DA FATUSCA

Este foi mais um dos doces que apresentei na mesa de Natal...
A receita tinha sido publicada pela Fatusca no seu blog, mas onde fez mesmo sucesso foi no fórum Petiscos onde muitas meninas a fizeram e publicaram fotos. A receita original é feita em queijadas, mas também dá para fazer numa forma apenas. Eu fiz numa forma de bolo inglês, pois era muito mais prático para levar para casa da minha sogra, onde passamos a consoada.
Aqui fica a receita:

300gr de açucar
100gr de farinha
50gr de manteiga
3 iogurtes naturais (usei iogurtes batidos com pedaços de morango, como podem ver nas imagens)
2 ovos





Bater o açucar com os ovos, juntar a farinha, a manteiga derretida e por último os iogurtes.
Passar uma forma de bolo inglês de silicone por água fria e deixar escorrer (se usar outro tipo de formas deve untar e enfarinhar). Colocar a massa e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 30 a 45 minutos.
Desenformar e decorar a gosto - no meu caso usei açucar em pó, um pouco de topping de morango e algumas decorações alusivas à época. Servir bem fresco.
Irei participar com mais esta receita no evento da Cris que podem ver aqui.

Nota: para ser sincera, esta foi uma das sobremesas que nem cheguei a provar, pois a mesa (graças a Deus) estava bem recheada e não havia estômago para tanto... LOL! Mas quem provou disse que estava muito boa.... tenho que voltar a fazer, numa altura em que não haja tantos doces, para conseguir provar esta delícia.

quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

DESAFIO...

A Tuxa, através do seu blog, lançou-me um desafio... Pensavam vocês que lá por eu me sentir constipada e em baixo de forma deixava o desafio passar-me ao lado??? Nem pensar!!!... Ora vamos lá enfrentar o "dito cujo" e responder às perguntas (uma vez mais vou dar-me a conhecer mais um pouco):

O que te choca: pensar no número elevado de sem-abrigo que existe no nosso país.
O que te arrepia: todo o tipo de répteis (nem que seja na televisão).
O que te excita: fazer planos para o aniversário da minha filha - parecemos duas malucas a combinar as coisas (como diria o meu marido, eu ainda sou pior do que ela)
O que te solta: um dia passado com toda a família reunida.
O que te faz rir: o riso da minha filha.
O que te faz chorar: pensar que perdi o meu pai.
O que te causa náuseas: ver tanto desemprego no nosso país.
O que te falta para seres feliz: nada, sou feliz como sou.
O que te traz infelicidade: as saudades que tenho do meu pai.
O que te magoa: acusarem-me de algo que não fiz.
O que desejas: saúde para mim e para toda a minha família.
O que receias: a falta de saúde.
O que não queres perder: a minha mãe.
O que queres alcançar: uma longa vida cheia de saúde.
Uma data que abomines: não há nenhuma.
Uma festividade que adores: Carnaval - adoro mascarar-me.
Uma qualidade que aprecies numa pessoa: honestidade.
Uma caracteristica que abomines numa pessoa: falsidade.
Uma mentira que tenhas dito: só mentiras inocentes... eh eh eh
Uma nostalgia: os momentos passados com o meu pai.

Segundo a Tuxa, este desafio deve ser encaminhado para 5 amigas, por isso agora passo a "batata quente" para:

Inha
Diogo
Miss Slim
Filipa
Patrícia
Agora nada de fugir ao desafio meninas e menino. Eu já fiz a minha parte, façam agora a vossa.

MISTURADA NO WOK

Pessoal... não vos apetece alguma coisa ligeira para desenjoar dos excessos de Natal??? A mim é mesmo o que me está a apetecer: algo leve e com poucas calorias, para compensar todas as asneiras feitas nos últimos dias.
Fiquem com esta sugestão que, para além de ser útil para aproveitar alguns restos que tenham no frigorífico, proporciona uma refeição ligeira e muito agradável:



Cortar fiambre de frango em cubos e levá-lo ao wok com um fio de azeite, sal, pimenta e dois dentes de alho picados.
Juntar cogumelos frescos laminados e couve lombarda em tiras e deixar saltear mais um pouco.
Adicionar ainda cenouras baby e feijão verde (usei ambos congelados). Temperar com molho de soja, ervas aromáticas e um pouco de gengibre em pó. Deixe saltear até os legumes estarem estaladiços.
Sirvam como acompanhamento ou então como prato principal (que foi o meu caso). Encham o prato e comam sem pesos na consciência, pois é algo que não vos faz mal nenhum.

Nota: claro que se quiserem, para sobremesa, podem sempre comer um bombom.... LOL!!!

quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

MAIS UM PRÉMIO...


Olhem só.... a minha querida Romy, como prendinha "pós-Natal" resolveu atribuir-me este selo para o meu blog. Obrigado querida amiga, agradeço-te muito... As regras deste prémio são as seguintes:

1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons (entende-se como bom os blogs que costumam visitar regularmente e onde deixam comentários).
2. Somente se recebeu o "Diz que até não é um mau blog", deve escrever um post indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog; a tag do prémio; as regras; a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.
3. Deve exibir a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele.
4. (Opcional) Se quiser fazer publicidade ao blogger que teve a ideia de inventar este prémio, ou seja – Skynet - pode fazê-lo no post.

Agora cabe-me a mim "passar a bola" a:
Benó
Judite Pitta
Marizé
Cinara
Dom Paulo
Dulce
Elvira

O MEU TRONCO DE NATAL...

Rescaldo do Natal: prendas para arrumar, papéis e embalagens das prendas para ir colocar no respectivo Ecoponto, muita roupa suja para lavar e......... uma constipação enorme, com o nariz entupido o que faz com que a falar pareça um "fanhoso" (e dá muito jeito aqui no trabalho a atender o telefone... lol), tosse e dores no corpo...
Enfim, desta vez o "velhote barrigudo das barbas brancas" trouxe-me uma belíssima constipação. Já que dizem que é a "fruta da época", o pai natal achou que eu também tinha direito à minha quota parte de fruta.... eh eh eh
Mesmo assim não baixei os braços e fiz bastantes doces para a nossa mesa de Natal. Por hoje deixo-vos a receita do tronco que ficou uma autêntica maravilha.

MASSA:
Pesar 6 ovos e utilizar o mesmo peso de açucar e metade do peso de farinha. No meu caso usei 6 ovos, 400gr de açucar, 200gr de farinha e 1 colher de chá de fermento em pó.
Bater bem as gemas com o açucar, juntar as claras em castelo e no final a farinha misturada com o fermento, envolvendo delicadamente.
Untar um tabuleiro, forrar com papel vegetal, untar novamente, deitar a massa e levar a forno pré-aquecido a 180º cerca de 15 a 20 minutos.
Retirar e desenformar sobre um pano polvilhado de açucar. Rechear de seguida.
RECHEIO:
Usei um doce de gila caseiro (feito pela minha madrinha), mas como o doce estava um pouco sólido, levei-o ao lume com um pouco de água até ferver e ficar mais líquido, pois assim ficou mais fácil de utilizar.
Espalhei o doce sobre a massa já cozida, polvilhei com bastante miolo de amêndoa picado, e com a ajuda do pano fui enrolando a torta, deixando depois arrefecer enrolada no pano.
COBERTURA:
Bati 180gr de manteiga até ficar mole, Adicionei 250gr de açucar em pó e bati mais um pouco. Juntei 100gr de chocolate derretido e continuei a bater até ficar uniforme.
Retirei a torta do pano, cortei as extremidades, montei dando o formato de tronco e depois cobri com o creme anterior.
No final passei com um garfo para fazer uns riscos na cobertura, salpiquei com um pouco de miolo de amêndoa ralado, polvilhei com um pouco de açucar em pó e acrescentei algumas decorações natalícias.

Et voilá.... foi um sucesso na mesa de Natal. O recheio de gila com amêndoa deu um toque fantástico a este tronco.

sábado, 22 de Dezembro de 2007

FELIZ NATAL....



CRÓNICA DE NATAL

Recordando a Noite Santa, o camelo disse:
-Nada de mim tinha para dar ao Menino nascido em Belém...
Então transportei os Magos que seguiam o caminho da Estrela. Dei meu fôlego ao Menino!

E o boi disse:
- O frio da Noite Santa era tão álgido, que entrei na manjedoura para me aquecer.
Mas vi lá um Menino com frio e Sua Mãe e Seu Pai, e não pensei mais em mim...
Aqueci-o com o que eu tinha de meu: meu pobre alento!


A cabra falou pouco:
- Eu lhe dei o leite de meu filho!


A ovelha disse:
-Nada lhe podia dar e me deitei aconchegada ao Menino para aquecê-lo na noite áspera...
Dei-lhe apenas o meu calor!


E o burro falou:
- Quando o Rei Herodes mandou decapitar as crianças, eu o levei na fuga para o Egipto!


Veio o peixe e disse:
-Eu saltei para o barco de Pedro.
Eu lhe dei a Fé!

O grão de trigo falou:
-Eu me multipliquei quando ele me pediu... Dei-lhe a ceia...
E disse a água:
- Eu me transformei em vinho! Dei-lhe meu sangue!


E veio, enfim, o Homem...
O Homem Sábio!
Único entre os animais que possui o segredo da Eternidade...


E o Homem disse, então...
-EU LHE DEI A CRUZ...

Pensem nisto... e tentem fazer nesta quadra um momento de reflexão. Celebrem o nascimento de Jesus com alegria e façam com que a vossa vida e a vida dos que estão à vossa volta seja cada vez melhor. Pensemos menos em nós e mais em quem precisa de auxílio e de conforto.


Que esta época seja mágica para todos vós e que reine a paz e a harmonia em todos os lares.


UM FELIZ NATAL SÃO OS VOTOS DESTA VOSSA AMIGA!!!










Fonte: belasmensagens.com.br (apenas o texto da crónica de Natal). Imagens escolhidas por mim.

PÃO DE BANANA E AMÊNDOAS

Ontem à noite deu-me um "devaneio", pois olhei para a fruteira e vi que tinha uma banana já tão madura que até dava pena olhar para ela (e vocês sabem que eu detesto desperdiçar seja o que for). Lembrei-me de uma receita que tinha visto aqui e pus mãos à obra... mas como vocês já sabem eu nunca sigo uma receita à risca, por isso aqui deixo a "fórmula mágica" com as minhas alterações:

1 banana esmagada (colocar no copo medidor da máquina de pão e acabar de encher o copo com leite à temperatura ambiente)
1,5 colher de sopa de margarina à temperatura ambiente
1/2 colher de chá de sal
1 colher de sopa de canela em pó
6 colheres de sopa de açucar
3 copos (medidores da máquina de pão) de farinha
1/2 saqueta de fermipan
150gr de miolo de amêndoa (com pele) grosseiramente picado



Colocar todos os ingredientes na cuba da máquina, pela ordem acima indicada, exccepto o miolo de amêndoa. Seleccionar o programa que achar mais adequado - no meu caso seleccionei o programa 2 (pão básico), tostagem média e seleccionei a opção de pão com 1kg.
Quando ouvir o sinal sonoro da máquina juntar o miolo de amêndoa.
Depois... é só ter paciência até o pão cozer, escolher as chávenas, as colheres e o açucareiro e preparar um bom chá.
Experimentem a programar a vossa máquina, de maneira a que tenham este pão quentinho preparado para o pequeno-almoço do dia de Natal... aposto que toda a gente vai adorar.
Cris... será que ainda vou a tempo de colocar esta receita no teu desafio?

Nota: este pão foi saboreado ontem, após um serão dedicado a rendas e bordados, acompanhado de um chá de côco adoçado com mel (anda tudo mal da garganta lá em casa... consequência do frio). É simplesmente delicioso... e foi o primeiro pão que fiz em que, após a cozedura, a misturadora não ficou presa na máquina.

sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

CANUDOS DE LOMBARDA COM COUSCOUS

Não sei como é que está o tempo na vossa zona, mas ontem em Sagres esteve um dia terrível: muita chuva, vento muito forte e a partir do final da tarde trovoada e relâmpagos enormes.
Talvez por influência deste tempo invernoso, ontem quando cheguei a casa, encharcada e cheia de frio, não me estava a apetecer nem um bocadinho estar de volta do fogão... mas tinha que preparar o jantar para os meus Risonhos (uma sopa de peixe, feita com o caldo da caldeirada, prato tipicamente algarvio).
Não me estava a apetecer comer o mesmo que eles, apetecia-me alguma coisa diferente, mas também não me apetecia estar frente ao fogão... que dilema, não é? Bem... se não for no fogão, terá que ser no microondas...
Vejam só o resultado deste fim de tarde chuvoso:

Escolher algumas folhas de couve lombarda (grandes e que estejam inteiras), lavá-las, colocá-las num recipiente que possa ir ao microondas, cobrir com água e temperar com um pouco de sal. Levar ao microondas por 5 minutos, para escaldar as folhas. Passado esse tempo virá-las e escaldá-las por mais 5 minutos. Retirar, escorrer as folhas e reservar a água.

Numa taça colocar um copo de couscous e um fiozinho de óleo. Deitar um copo da água onde se escaldou as folhas da couve (não é necessário sal pois a água já está temperada), tapar e deixar repousar 5 minutos. Passado esse tempo soltar os grãos com um garfo, juntar um pouco de margarina e levar ao microondas 1 minuto, voltando a soltar os grãos com um garfo após retirar.

Entretanto cortar lascas fininhas de salame (usei daquele apimentado) e escaldá-las no microondas por 5 minutos (não usar a água da couve pode ficar demasiado salgado).

Agora vamos á montagem: estender as folhas de couve, colocar uma porção de couscous, por cima lascas de salame e umas tirinhas de queijo. Enrolar em forma de canuco, prender com palitos e cobrir com um fio de ketchup. Levar ao microondas por 3 minutos, apenas para derreter o queijo dentro dos canudos.

Sabem o que vos digo? Há muito tempo que não comia algo que me soubesse tão bem...

quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

PRESENTE INESPERADO...

Uma das melhores coisas do mundo é a amizade... e o mais engraçado é que por vezes a amizade surge entre pessoas que nem se conhecem pessoalmente, como tem acontecido entre muitos membros da "blogosfera" ou participantes em fóruns.
As pessoas vão conversando e trocando impressões todos os dias, falam dos seus gostos, deixam comentários aqui e ali, e chega a pontos em que sentimos que já nos conhecemos bem uns aos outros e que fazemos parte de uma grande família.
Se a Internet pode ter os seus perigos, também tem o seu lado bonito e criam-se grandes amizades!

Já participei em duas trocas de presentes de Natal, vulgarmente conhecidas por "Amigo Secreto" e já recebi a minha "quota-parte" das duas participações.
Hoje, ao chegar a casa na hora de almoço, deparei com uma encomenda para mim... como não estava à espera de mais nada, fiquei intrigada.... ao olhar para o remetente a minha primeira reacção foi abrir um sorriso de orelha a orelha.... tive que vir partilhar com vocês o que a minha querida Brites me enviou:



Dentro da caixinha, tudo muito bem acondicionado, e tudo feito pelas mãos da Brites, vinha:
* 2 peças feitas em feltro, um gatinho e um coração, que a Risonha Júnior foi a correr pendurar na árvore de Natal;
* um vasinho lindo, pintado à mão, e que na parte de trás do coração tem uma molinha para prender fotos... a Brites fez questão de frisar que era oferta para a minha filhota - já está no quarto dela;
* uma vela de natal decorada pela Brites para mim - já está na minha sala em local de destaque;
* um postal de Boas Festas com umas palavras lindas que me aqueceram o coração;
* e para nos adoçar a boca. caramelos e bombons "Serenata de Amor" que eu simplesmente adoro...

Carmenzita do meu coração, nem tenho palavras para te agradecer... em primeiro lugar porque fiquei boquiaberta, pois não estava à espera deste presente.
Em segundo lugar porque sabes que eu adoro coisinhas feitas à mão e tu, desde que te começaste a dedicar a estas habilidades, tens-te revelado uma verdadeira artista.
Em terceiro lugar... porque sabes bem que te adoro e que te tenho em alta estima. E só o prazer que me dá ouvir o teu riso ao telefone....
Um beijão enorme para ti e para o Paulo e desejo que tenham um Natal cheio de alegria... e que a nossa amizade se prolongue por muitos e longos anos.

Já agora, não deixem de visitar o blog da Brites e do seu marido, o Paulo... são muito bons... e já agora aproveitem para espreitar os trabalhos a que a Brites se tem dedicado (por isso é que ela anda afastada da lides culinárias... lol)

CANNELONIS DAS SOBRAS

Aposto que após a vossa ceia de Natal há sempre sobras de carne, certo? Ou é os restos do perú que já ninguém lhe apetece, ou são umas fatias do lombo assado do forno que, se forem aquecidas, já vão ficar muito secas, etc....
Deixo-vos aqui esta sugestão para aproveitarem os restos de carne do vosso Natal... eu fiz esta receita há dias para aproveitar um resto de uma carne assada no forno.
E já agora vou inserir mais esta receita no desafio que a Cris lançou aqui... já foram ver???



Separei os restos de carne assada no forno e coloquei-a na picadora, juntamente com um pouco de chourição e um pedaço de paio. Piquei tudo finamente.
Fiz um refogado bem apuradinho (cebola, alho, azeite, polpa de tomate e vinho branco) e juntei a carne picada, um pouco de oregãos e uma lata de cogumelos laminados.
Deixei cozinhar um pouco, temperando com uma pitada de sal e um pouco de pimenta moída na altura.
Entretanto fiz um molho béchamel bem temperado com noz moscada.
Untei um pirex e coloquei no fundo uma camada do molho béchamel e um pouco de queijo ralado.
Recheei os cannelonis e fui colocando lado a lado no tabuleiro. Espalhei o recheio que sobrou por cima dos cannelonis, por cima pus o restante béchamel e cobri com uma generosa camada de queijo ralado.
Levei ao forno por meia hora e..... como diria a Risonha Júnior "Mamma Mia.. que delícia!" (é que ficaram com bastante molho e super cremosos como ela gosta).

Agora já ninguém tem desculpa para não aporveitar restos de carne de uma forma diferente...

quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

COOKIES DE GELATINA

Vi estes cookies maravilhosos no blog da Cris e assim que dei com os olhos neles pensei logo que tinha que experimentá-los.
Irei transcrever a receita como está no blog da Cris, mas eu fiz duas doses da receita, para poder fazer uma massa verde e outra vermelha. Aqui fica a receita original:

3/4 chávena de margarina à temperatura ambiente
1/2 chávena de açucar
1 pacote de gelatina (sabor à escolha)
1 ovo batido
1/2 colher de chá de essência de baunilha
1 + 3/4 chávena de farinha
1/2 colher de chá de fermento em pó
missangas coloridas para decorar

Bater a manteiga com o açucar e a gelatina. Acrescentar o ovo batido e a baunilha.
Misturar a farinha e o fermento, incorporando bem.
Na primeira fase usei gelatina sabor tutti-fruti, fiz uma bola com a massa, envolvi em película aderente e levei ao frigorífico. Entretanto preparei a segunda dose de massa, usando gelatina de morango e levei também ao frio.
Pré-aquecer o forno a 200º, estender a massa na bancada polvilhada de farinha e cortar os cookies com os formatos à escolha (agora, para além do cortador que a Bia me enviou, já tenho mais alguns...).
Decorar com missangas coloridas e levar ao forno por 6 a 8 minutos.
Retirar do forno, descolar com a ajuda de uma espátula e deixar arrefecer sobre uma rede.

Depois.... depois é só desfrutarem destas delícias ou embalarem numa caixinha bem bonita para oferecerem aos vossos amigos no Natal.
Obrigado pela receita Cris, é realmente deliciosa.
Aproveito para participar com esta receita no desafio que a Cris lançou no blog dela...
Vejam aqui como participar...

terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

FAROFA DE CENOURA

Quando vi esta receita no blog "Mix de Sabores" fiquei muito curiosa. Em primeiro lugar nunca tinha feito farofa. Em segundo lugar... nunca tinha provado farofa, mas desde logo tive o pressentimento que ia gostar, ainda para mais que levava cenoura que é um legume que eu adoro.
Lá fui eu a correr para o supermercado comprar a farinha (na primeira viagem enganei-me e comprei farinha de tapioca, ao reler a receita é que vi que tinha feito burrada e tive que voltar ao supermercado) e meter mãos à obra para testar a receita.

2 cenouras raladas fininhas
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho picadinho
1 chávena de farinha de mandioca
sal e óleo q.b.

Aquecer o óleo e deixar o alho dourar.
Acrescentar a cebola e refogar até ficar transparente, acrescentar a cenoura ralada e refogar por alguns minutos.
Acrescentar a farinha aos poucos (aqui fiz asneira e acrescentei toda de uma vez..lol) sem parar de mexer até a farofa ficar colorida e sequinha. Acrescentar sal a gosto.
Serviu de acompanhamento a umas costoletas grelhadas.

Nota: a Risonha Júnior não quis provar, mas eu e o Risonho gostamos muito.. aliás, adoramos.
Agora já estou a pensar numa farofa de bacalhau e espinafres, mas não sei se isso será uma coisa técnicamente possível. Conto com a ajuda dos meus visitantes do Brasil para me elucidarem...

segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007

PÃO DE GRÃOS DA BIA

Eu fiz, eu fiz...... Fiz o pão de grãos da minha querida Bia e tudo graças a ela, pois ainda não tinha feito esta receita por não ter sementes de papoula. Como ela teve a gentileza de me enviar já pus mãos à obra.

300ml de água
2 colheres de sopa de óleo
2 colheres de sopa de mel
1,5 colher de chá de sal
240gr de farinha de centeio
240gr de farinha de trigo integral
2 colheres de chá de Fermipan
75gr de sementes de linhaça
25gr de sementes de girassol
15gr de sementes de papoula

Coloquei todos os ingredientes na máquina (menos as sementes), primeiro os líquidos e depois os sólidos, sendo que o fermento coloquei em último lugar.
Seleccionei o programa 4 (pão integral) e a tostagem média. Quando a máquina apitou coloquei as sementes... depois foi só aguardar e provar esta maravilha.
É óptimo comé-lo simples, mas eu arrisquei com uma fatia de queijo... são servidos?

Nota: as sementes ficaram um pouco mal distribuídas, o que deu ao pão um aspecto "tosco", ou como eu costumo dizer, ficou com um ar rústico.
O Risonho adorou, diz que é muito melhor do que o pão integral que ele costuma comprar. Acho que a padaria da Raposeira acabou de perder um cliente.. LOL!!!

domingo, 16 de Dezembro de 2007

ÁRVORE SALGADA

A receita vi aqui no blog da Anna que por sua vez a tinha tirado daqui. A receita original chama-se "Forminhas de presunto", no blog da Anna chamou-se "Forminhas de fiambre"...
Eu, como tenho que "avacalhar" sempre as coisas, e como andava aflita para experimentar uma forma de silicone em formato de pinheiro de Natal, resolvi chamar-lhe "Árvore Salgada".
Aqui fica a receita:

1 chávena de leite
1/2 chávena de óleo
2 ovos
1 pacote de queijo parmesão (não usei)
1 pitada de sal
2 chávenas de farinha
150gr de fiambre em cubinho (adicionei também cubinhos de chourição)



Bater todos os ingredientes com a batedeira até ficar uma massa homogénea.
Depois juntar os cubinhos de fiambre e chourição. Envolver bem com uma espátula.
Untar a forma com óleo e colocar a massa, sem encher muito e verificando se os cubos de fiambre e chourição ficaram distribuidos uniformemente pela massa.
Levar a forno pré-aquecido por 30 minutos.
Vou inserir esta receita no desafio que a Cris lançou aqui...

Nota: eu e a minha Risonha Júnior adoramos, a mamã Risonha (como a massa não tinha levado queijo) também gostou... o Risonho nesse dia não jantou em casa e teve azar: é que não sobrou nem um pedacinho para contar a história... LOL... terei que repetir a receita para que ele possa provar.

sábado, 15 de Dezembro de 2007

ESPINAFRES COM COGUMELOS

Sou assinante de uma revista mensal chamada "Prevenir" que eu acho uma revista óptima, pois aborda temas variados, na sua maioria relacionados com a saúde e com a alimentação. Traz sempre também algumas receitas que me fazem correr para a cozinha, como foi o caso desta que vinha na revista deste mês.

400gr de espinafres (usei congelados, deixando descongelar à temperatura ambiente)
200gr de cogumelos
1 alho francês em rodelas (usei apenas a parte branca)
sumo de 1/2 limão
4 colheres de sopa de molho de soja
4 colheres de sopa de vinagre (usei vinagre de cidra)
sal e pimenta q.b.
um fio de azeite (acrescentado por mim, pois não vinha na receita)
um pouco de alecrim (também invenção minha)

Cortar os cogumelos em lâminas e levá-los a cozer ao vapor, bem como as rodelas de alho francês e os espinafres (como não tenho panela de cozer ao vapor usei uma peça que tenho da "tupperware" para cozer ao vapor no microondas).
Cozi uma espécie de legumes de cada vez, por 5 minutos no microondas, colocando na água um pouco de alecrim.
Numa frigideira anti-aderente ou no wok colocar um fiozinho de azeite, deixar aquecer bem e saltear os legumes cozidos durante dois minutos, mexendo sempre, e temperando com um pouco de sal e pimenta (aqui usei o maravilhoso sal aromatizado com limão que a Bia me enviou... acho que fez toda a diferença). Colocar a mistura numa travessa.
Misturar o molho de soja com o sumo de limão e o vinagre, deitar por cima dos legumes e servir.

Nota: segundo a revista esta quantidade dá para 2 pessoas e tem apenas 37 calorias por pessoa.... querem melhor??? É óptimo para aqueles dias em que queremos poupar nas calorias.
Podem servir como acompanhamento ou prato principal... devo dizer que cá em casa para mim foi prato principal e para o Risonho serviu de acompanhamento a uns cannelonis (que a seu tempo serão postados aqui)... a Risonha Júnior, como é "anti-verduras" nem provou...

sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

BOLACHINHAS DO CANINHAS

Encontrei esta receita no verso de um pacote de açucar em pó que andava lá por casa. Como não podia deixar de ser eu e a minha Risonha Júnior resolvemos testá-la e o resultado foi este:

500gr de farinha
125gr de açucar em pó
125gr de manteiga
2 ovos
2gr de fermento em pó
aroma de baunilha q.b.



Bater a manteiga com o açucar em pó até fazer um creme. Adicionar os ovos um a um e o aroma de baunilha, batendo bem.
Adicionar a farinha e o fermento e bater mais um pouco.
Estender a massa e moldar as bolachas (nesta altura ainda eu não tinha o cortador que a Bia me enviou e então cortei-as com um copo - quem não tem cão...). Levar a forno pré-aquecido a 200º por 20 minutos. Retirar e deixar arrefecer.

A receita era apenas assim, mas eu resolvi fazer um glacé (foi a primeira vez que fiz por isso ficou com uma côr muito clarinha - falta de jeito, para a próxima sairá melhor): misturei 100gr de açucar em pó com o sumo de metade de um limão e uns pingos de água morna. Pincelei as bolachas, coloquei grangeias coloridas por cima e deixei secar bem o glacé antes de guardar as bolachas.

Se quiserem uma bolachita para o lanche estejam à vontade.... Esta é uma boa opção para a mesa de Natal e para participar no desafio que a Cris lançou aqui...
Entretanto quero partilhar com vocês mais uma prendinha que recebi da Sílvia Sousa do Petiscos. É linda e este prato vai dar um jeitão na mesa de Natal... os chocolates provavelmente vão ser comidos esta noite ao serão... LOL!