Sugestões para oferecer ou para ler...


Mostrar mensagens com a etiqueta Croquetes e pataniscas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Croquetes e pataniscas. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 16 de Março de 2012

PATANISCAS DE ATUM COM FEIJÃO FRADE

Pataniscas são sempre uma boa opção, pois tanto servem de refeição com um acompanhamento que se "acasale" bem com elas, como podem ser levadas para um pic-nic, podendo ainda servir de entrada numa mesa de festa. Há muitas variedades de pataniscas, há quem faça pataniscas de quase tudo... e estas são diferentes do que habitualmente vemos. A receita é da revista "Saúde à Mesa" de Outubro de 2011.
Bem sei que não se deve abusar dos fritos, mas se for só muito de vez em quando, não faz mal...
250gr de farinha
sal e pimenta q.b.
1 ovo
3dl de água com gás
salsa q.b.
1 cebola
2 dentes de alho
200gr de feijão frade cozido
2 latas de atum ao natural
azeite q.b.

Numa taça misture a farinha com uma pitada de sal e pimenta. Abra uma cavidade no centro e junte o ovo e a água, aos poucos e mexendo sempre. Acrescente depois a salsa picada a gosto, a cebola e os dentes de alho picados, o feijão frade e o atum escorrido. Envolva tudo muito bem.
Leve ao lume uma frigideira antiaderente com um pouco de azeite. Frite rapidamente pequenas porções de massa de ambos os lados, retire e deixe escorrer sobre papel absorvente.
Sirva-as com acompanhamento a gosto.
Informação Nutricional da revista "Saúde à Mesa":
Ingredientes para 8 pessoas
Calorias por dose: 204 Kcal
Interesse Nutricional: rica em ómega 3, ferro e fibras

quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

PATANISCAS DE DELÍCIAS DO MAR

Embora goste muito de cozinhar, confesso que há vezes em que me falta a imaginação e não sei o que fazer para o almoço ou jantar. É nessas alturas que recorro aos blogs amigos para procurar alguma receita do meu interesse... e encontro sempre muitas. Desta feita decidi-me por uma receita de pataniscas que retirei do blog da Paulinha. A receita é muito simples e as pataniscas ficam deliciosas.
250gr de delícias do mar
4 ovos
1 cebola
1 ramo de salsa
100gr de farinha
sal e pimenta q.b.
óleo para fritar

Num recipiente junte as delícias do mar (descongeladas) cortadas em cubinhos, os ovos batidos, a cebola e salsa picadas.
Mexa tudo muito bem e vá adicionando a farinha aos poucos, mexendo sempre até que tudo se ligue uniformemente.
Se necessitar acrescente mais um pouco de farinha. Tempere de sal e pimenta.
Leve uma frigideira ao lume com óleo e, assim que esteja bem quente, verta pequenas quantidades de massa com o auxílio de uma colher de sopa e deixe fritar uniformemente.
Sirva com acompanhamento ao seu gosto. As nossas foram servidas com arroz de cenoura e salada de agrião.São tão boas estas pataniscas!!!
Há um ano atrás falei-vos de: Creme de Abóbora com Feijão Verde

sábado, 13 de Março de 2010

CROQUETES DE CARNE

Eu sou daquelas pessoas que tenho sempre medo de fazer pouca comida, tenho sempre receio que as pessoas fiquem com fome. Esta minha maneira de ser faz com que muitas vezes sobrem restos da refeição, que são sempre aproveitados (com a crise que por aí anda é um crime deitar comida para o lixo) e muitas vezes "reciclados" para ficarem com "outra forma".
Foi o que aconteceu um destes dias em que o almoço foi entrecosto grelhado: com a carne que sobrou preparei uns belos croquetes. Esta receita pode ser preparada com qualquer tipo de carne cozinhada, desde que não tenha molho.
400gr de restos de carne assada (usei entrecosto)
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de margarina
2 dentes de alho
1/2 cebola
1 colher de sobremesa de pimentão doce
1/2 caldo knorr de carne
150ml de água
1 chávena de chá de farinha
1 ovo
* a chávena utilizada tem a capacidade de 200ml

Numa panela colocar o azeite, a margarina, a cebola e os alhos picados, levando ao lume até dourar.
Acrescentar a carne (previamente picada) e o colorau.
Desfazer o caldo knorr na água quente e juntar à panela. Deixar cozinhar um pouco e acrescentar a farinha, mexendo bem até que se despegue do fundo da panela e de modo a que fique sem grumos.
Acrescentar o ovo batido, mexendo bem e retirando do lume.
Deixar arrefecer e moldar os croquetes, passando-os de seguida por clara de ovo e pão ralado.
Fritar em óleo bem quente, escorrer sobre papel absorvente e servir.
Esta receita rendeu 14 croquetes grandes.

quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

RISSÓIS DE FRANGO II

Adoro rissóis... dão sempre jeito tê-los congelados em casa, pois em poucos minutos consegue-se preparar uma refeição rápida e apetitosa.
Já tinha postado uns rissóis de frango aqui e desta vez, como tinha uns restos de frango assado que tinha sobrado de outra refeição, resolvi repetir a dose, com uma receita ligeiramente diferente.
Para a massa:
3 chávenas de água
3 chávenas de farinha
3 colheres de sopa de manteiga
uma pitada de sal
* a chávena utilizada tem a capacidade de 200ml
Levar ao lume a água com a manteiga e o sal. Quando levantar fervura juntar a farinha de uma só vez e mexer até que a farinha coza e se desprenda do fundo do tacho.
Retirar e colocar em cima da bancada até arrefecer, mexendo de vez em quando de modo a não ganhar côdea.
Para o recheio:
Preparar um molho béchamel bem apuradinho, juntar o frango desfiado, cebola e salsa picada.
Estender a massa, recortar em círculos, colocar uma colher de recheio no centro de cada círculo e fechar para dar a forma aos rissóis, apertando bem as extremidades (para fazer estes usei moldes próprios para rissóis).
Passar por ovo batido, pão ralado e fritar em óleo quente até ficarem douradinhos.
Se quiser congelar é só passar por ovo batido e pão ralado e colocar em caixas de congelação.
Bom apetite!!!

sábado, 13 de Dezembro de 2008

BOLINHAS DE PEIXE

"Senhoras e senhores, meninos e meninas, tomem os vossos lugares e apertem os cintos (como se o nosso país não andasse já com o cinto mais que apertado... lol!) que vamos iniciar viagem, para mais uma saga da cozinha da Risonha: aproveitar o que sobra de outras refeições."
É verdade: vocês já sabem que eu nunca deito nada para o lixo e tinha em casa restos de peixe cozido e algumas batatas que me tinham sobrado da véspera.
Tratei de reciclar o "material" e fiz estas bolinhas que ficaram com um sabor muito agradável e que tanto podem servir de entrada como de refeição, desde que devidamente acompanhadas.
Ok... são um género de pataniscas, mas eu resolvi chamar-lhes bolinhas, porque quem está a pilotar a cozinha sou eu... eh eh eh!
2 postas de peixe cozido
2 batatas grandes cozidas
1 colher de sopa de leite
alho e cebola picada q.b.
coentros picados q.b.
2 gemas
1 colher de sopa de pão ralado
sal, pimenta e noz moscada q.b.

Desfiei o peixe e levei a saltear num pouco de azeite, juntando o alho e a cebola picados muito miudinhos.
Esmaguei as batatas com a ajuda de um garfo, juntei o leite, envolvi bem e juntei à mistura do peixe. Temperei com sal, pimenta e noz moscada.
Juntei os coentros picados e o pão ralado e mexi bem. Fora do lume adicionei as gemas, envolvendo bem de modo a ficar uma mistura homogénea (se for necessário pode acrescentar-se mais um pouco de pão ralado até dar liga).
Moldei em formato de bolinhas e fritei em óleo bem quente, escorrendo a seguir sobre papel absorvente.
Servi acompanhado com arroz de cenoura e salada de tomate.
E então? Valeu a pena mais esta viagem na cozinha da Risonha???

sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

ROLINHOS DE SALSICHA E QUEIJO

Há anos que a minha mãe compra todas as semanas a revista "TV 7 Dias", que no seu interior traz sempre um destacável com receitas, que eu tenho ido guardando religiosamente.
Escusado será dizer que já tenho montes e montes de destacáveis e por vezes vejo-me desesperada, sem saber onde arquivar tanta papelada (confesso que já tenho tido vontade de me desfazer de alguns deles, mas quando chega a hora dá-me pena e não sou capaz).
Num desses destacáveis vinha esta receita e assim que a minha filha lhe pôs os olhos, não descansou enquanto eu não a fiz.
Como ela é uma boa filha, tive que lhe fazer a vontade... LOL!

1 colher de sopa de manteiga à temperatura ambiente
casca de 1 limão
1 chávena de chá de farinha de trigo
1 chávena de chá de água
8 salsichas
8 fatias de queijo flamengo (usei Terra Nostra)
1 ovo batido
pão ralado e óleo q.b.
* a chávena utilizada tem a capacidade de 200ml
Leve ao lume a água com a manteiga e a casca de limão. Deixe ferver, retire a casca do limão e junte a farinha, mexendo energicamente até se soltar do tacho. Deixe a massa arrefecer completamente e estenda-a sobre uma bancada polvilhada com farinha. Enrole as salsichas nas fatias de queijo.
Corte a massa em rectângulos e apare as extremidades. Coloque uma salsicha com queijo no centro de cada rectângulo e enrole novamente. Pressione as extremidades de cada rolinho para que a massa adira bem.
Passe os rolinhos de salsicha pelo ovo batido e de seguida por pão ralado. Frite-os em óleo quente, retire-os e escorra-os sobre papel absorvente.
Sirva com acompanhamento a gosto.

Respondo agora ao deafio que a Janeca me lançou: Exibir 3 livros que gostamos e lançar a 5 amigas (os) da blogosfera.

Não sabia se deveria escolher 3 livros de culinária ou 3 livros de outro tipo de literatura, mas como livros em geral vocês sabem sempre os que estou a ler (basta olhar para a barra lateral do meu blog) resolvi-me pelos livros de culinária.

Mas eles são tantos que eu não conseguia escolher apenas 3, por isso deixo-vos as imagens da estante onde tenho guardados alguns dos livros de culinária que possuo. Destaco na última foto o último que recebi: "Na Cozinha com Jamie Oliver", oferecido pelas minhas querida colegas no meu aniversário.


Não vou passar o desafio para ninguém em especial. Quem me visitar e ainda não tiver participado neste desafio, fica desde já convidado por mim a fazê-lo.

sábado, 11 de Outubro de 2008

PATANISCAS DE BACALHAU

Mais um petisco bem típico da gastronomia portuguesa: as pataniscas de bacalhau.
Podem servir de aperitivo, para uma refeição ligeira, são muito práticas para levar em pic-nics, ficam sempre bem em mesas de festa, servem para aproveitar restos de batatas e bacalhau cozidos... ainda precisam de mais motivos para preparar as pataniscas?
Este é mais um dos pitéus que me faz lembrar o meu pai, pois ele adorava estas pataniscas, a que carinhosamente chamava de "piparotes".
Há várias receitas e maneiras de as preparar... aqui fica a minha:

1,5 posta grande de bacalhau cozido
4 batatas médias cozidas
2 colheres de sopa de leite
alho e cebola picada a gosto
salsa ou coentros picados q.b.
sal, pimenta e azeite q.b.
3 gemas

Desfiar o bacalhau e salteá-lo com um pouco de azeite, alho picado e cebola.
Esmagar as batatas juntamente com o leite, juntar à mistura do bacalhau e rectificar os temperos, juntando sal e pimenta a gosto. Juntar a salsa ou os coentros picados miudinhos (cá em casa faço sempre com coentros).
Adicionar as gemas e mexer bem, de modo a que fique tudo bem envolvido.
Moldar as pataniscas com a ajuda de 2 colheres e fritar em óleo bem quente, virando para que fritem por igual de ambos os lados.
Escorrer sobre papel absorvente e servir conforme a vossa imaginação desejar.
E já agora quero partilhar com vocês uma coisa que fiz: agora tenho-me dedicado às manualidades e há pouco tempo descobri o mundo da decoupage e estou a adorar. Aqui fica a foto de uma tela que fiz para o filho de uma colega minha e que acabou de ser entregue. Tinham que ver a cara do Rodrigo: adorou.......

sábado, 4 de Outubro de 2008

RISSÓIS DE FRANGO

Sempre sonhei fazer rissóis em casa mas nunca me tinha dedicado a essa tarefa, pois achava que era uma coisa muito difícil e demorada e pensei que não me ia entender com a massa.
Um destes dias tinha uns restos de frango grelhado, resolvi respirar fundo, ganhar coragem e tentar fazer uns rissóis de frango.
"Se não ficarem nada de jeito, ao menos os cães hoje vão ter um jantar mais requintado!" - pensei eu.
Mas afinal não é nada difícil fazer rissóis e esta massa é muito fácil de confeccionar e trabalhar.
Estou orgulhosa de mim mesma: olhem só que lindos ficaram os meus rissóis.

Para a massa:
2 chávenas de chá de leite
2 colheres de sopa de margarina
sal q.b.
2 chávenas de chá de farinha de trigo
* a chávena utilizada tem a capacidade de 200ml

Para o recheio:
restos de frango grelhado
5 delícias do mar
1/2 cebola
50gr de queijo flamengo
Comecei por preparar o recheio da forma mais simples que me lembrei: coloquei todos os ingredientes na picadora de modo a que ficassem bem miudinhos e envolvidos.
Para a preparação da massa coloquei o leite, a margarina e o sal numa panela ao lume.
Quando ferveu juntei a farinha de uma só vez e mexi rapidamente para não ficar com grumos.
Deixei cozinhar por 2 ou 3 minutos, até se desprender do fundo da panela.
Coloquei a massa em cima da bancada e deixei arrefecer completamente, amassando de vez em quando para não ganhar crosta enquanto arrefecia.
Estendi a massa com o rolo, cortei em formato redondo (usando a boca de um copo), coloquei o recheio no centro e fechei, apertando bem as bordas de modo a que ficassem bem unidas.
Passei por ovo batido e pão ralado e coloquei a fritar em óleo quente.
Retirei, deixei escorrer bem o óleo para ficarem bem sequinhos e servi com arroz de cenoura e rodelas de tomate.
Esta receita rendeu 24 rissóis.. claro que não se comeram todos de uma vez. Os restantes, depois de empanados, coloquei numa caixinha e congelei.
Ficaram deliciosos, bem sequinhos e com um agradável sabor a queijo no interior.
Como já disse fiz estes rissóis com a ajuda de um copo para cortar a massa... entretanto, depois disso, recebi dois miminhos muito simpáticos de duas meninas que frequentam o fórum "Receitas da Amizade". Agora preparem-se, pois quando fizer os rissóis com estas formas que as minhas amigas me enviaram é que vocês vão ver o que são rissóis perfeitinhos!
Aguardem-me... LOL!

sábado, 9 de Fevereiro de 2008

PATANISCAS DE ATUM

Vocês nem imaginam há quanto tempo eu andava com estas pataniscas debaixo de mira... primeiro tinha-as visto no blog da Elvira, depois voltei a vê-las no blog da Inha... um destes dias resolvi experimentar e não me arrependi.
Como nós lá em casa gostámos muito de atum e adorármos este tipo de petisco que são as pataniscas, esta vai ser uma receita a repetir muitas vezes, com toda a certeza.

2 latas de atum
1 cebola picada
100gr de farinha
1 colher de sopa de azeite
3 ovos
0,5dl de água
1 raminho de salsa picado
1 colher de sobremesa de alho em pó (não vinha na receita mas eu resolvi colocar)
óleo para fritar q.b.

Escorrer o atum e esmagá-lo com um garfo.
Colocar a farinha numa tigela grande, abrir um buraco ao meio, juntar o azeite, um pouco de sal e os ovos.
Misturar com movimentos circulares, a partir do centro, até a farinha ficar bem envolvida.
Juntar a água em fio mexendo sempre até obter uma massa lisa e leve.
Juntar o atum, a salsa, a cebola, o alho em pó e envolver bem.
Aquecer o óleo e juntar colheradas da massa (ter atenção para que as pataniscas não se toquem), virando as pataniscas logo que a parte inferior esteja dourada.
Deixar dourar do outro lado, retirar e colocar a escorrer sobre papel absorvente. Servir com acompanhamento a gosto.

Cá em casa foi servido com esparguete e milhos........... estas pataniscas são uma delícia.

terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

PATANISCAS DE PEIXE

Como vocês já estão fartos de saber, na minha cozinha nunca se deita nada para o lixo nem se desperdiça comida. Tinha um resto de lombinhos de peixe (cavalas alimadas) e aproveitei para fazer umas pataniscas. Normalmente as quantidades são sempre a olho, mas desta vez dei-me ao trabalho de pesar os ingredientes para conseguir transcrever a "fórmula" sem grandes enganos.

250gr de restos de peixe já cozinhado
1 ovo
125ml de leite
2 colheres de sopa de farinha de milho
2 colheres de sopa de pão ralado
1 colher de sopa de salsa picada
1/2 cebola picada
alho em pó, sal e pimenta preta q.b.

Desfiar o peixe. Bater o ovo e juntar a farinha, o pão ralado, a salsa, a cebola e o alho em pó.
Adicionar o peixe e o leite e temperar com sal e pimenta, misturando tudo muito bem.
Levar ao lume uma frigideira com óleo e deixar aquecer bem. Deitar colheradas do preparado, deixando fritar uniformemente dos dois lados.
Escorrer sobre papel absorvente e servir acompanhado a gosto.

Nota: nós cá em casa adoramos que haja restos para se poder fazer estes petiscos... LOL!

terça-feira, 14 de Agosto de 2007

COXINHAS DE FRANGO DA SABANNA

Esta é uma receita da Sabanna, do fórum Petiscos, que é uma verdadeira delícia... já foi feita há algum tempo mas tenho que repeti-la em breve...

Massa:
600ml de água
2 colheres de sopa de margarina
2 cubos de caldo de galinha (ou a água de cozer o frango)
500gr de farinha

Recheio:
1 peito inteiro de frango
1 cebola pequena
3 colheres de sopa de óleo
1 colher de sopa de colorau
sal, pimenta e salsa



RECHEIO: coza o peito de frango em água e sal. Depois de cozido desfie e reserve.
Numa frigideira colocar o óleo e a cebola picada muito miudinha e deixar refogar um pouco, adicionar o colorau e deixar cozinhar (se acharem o recheio muito seco juntar um pouco de água). De seguida juntar o frango desfiado e temperar com sal, pimenta e salsa picada a gosto.

MASSA: numa panela colocar a margarina, a água, os cubos de caldo de galinha e levar a lume. Quando começar a ferver juntar a farinha de uma só vez, mexendo sempre até a massa se descolar da panela. Deixar arrefecer um pouco.

Para rechear estenda a massa e corte pequenas porções. Coloque um pouco de recheio e feche, moldando em forma de coxinha (as minhas não ficaram muito jeitosas).
Após moldadadas passá-las por leite e pão ralado (juntar um pouco de farinha ao pão ralado) e fritá-las em óleo bem quente.

segunda-feira, 21 de Maio de 2007

PATANISCAS DE FEIJÃO

Escorrer uma lata de feijão branco cozido (das pequenas) e reduzir a puré com a varinha mágica



juntar 2 colheres de sopa de farinha e mexer bem


juntar um ovo, salsa picada, 2 dentes de alho bem picadinhos, temperar de sal e pimenta e misturar bem.


aquecer uma frigideira com óleo e quando estiver bem quente fritar colheradas de massa, deixando fritar bem dos dois lados...


servir numa travessa forrada com folhas de alface..