Sugestões para oferecer ou para ler...


segunda-feira, 26 de Abril de 2010

"ABRINDO CAMINHOS"

Não sei como está o tempo pela vossa zona, mas por cá o calor já aperta, o que me tem proporcionado umas belas tardes de praia.
E tardes de praia são sempre significado de tardes de leitura (eu bem vos dizia que nestas férias ia dar um empurrão às dezenas de livros que tenho na estante para ler), pois uma das coisas que mais gosto no mundo é estar deitada na areia, com um bom livro por companhia e o som do mar como música de fundo.
Um grande amigo falou-me deste livro e fiquei curiosa... curiosa de tal maneira que o encomendei no dia seguinte e passados dois dias já o tinha em casa. É um livro muito interessante, com parábolas que nos fazem reflectir sobre as decisões e rumos da nossa vida. Tem um preço bastante acessível (6,90€) e é uma boa sugestão de oferta para o Dia da Mãe que vem a caminho.
Consultem o site das Paulinas e vejam como encomendar o livro. Aqui fica mais uma sugestão da minha parte para a Academia dos Livros.
Jesus foi o pregador dos caminhos.
Ele aproveitava a natureza e os factos do dia-a-dia para anunciar a Boa-Nova.
Usava a pedagogia das parábolas, falando dos lírios do campo, das aves do céu, dos trigais e dos rebanhos, e de muitos outros factos do quotidiano.
Em Abrindo Caminhos, os autores usam histórias do povo como um meio de proclamar os valores do Reino, hoje, e tentam mostrar-nos as mensagens positivas existentes em acontecimentos rotineiros; isto significa ler os factos de cada dia, tendo sempre como horizonte a Boa-Nova vivida e anunciada por Jesus.
Notas sobre os autores:
Itamar Vian foi educador na Província dos Frades Capuchinhos do Rio Grande do Sul - Brasil, durante quinze anos. Nomeado bispo pelo papa João Paulo II, a 11 de Janeiro de 1994, em 28 de Maio de 195, assumiu a diocese de Feira de Santana, onde foi noemado arcebispo. É membro permanente da CNBB e autor e co-autor de diversas obras.
Aldo Colombo é formado em Filosofia, Teologia e Jornalismo. Exerceu a função de director do Correio Riograndense e colaborou na Rádio Difusora de Porto Alegre. Foi provncial da Província Capuchinha por três anos, e coordenou o CERNE - Centro de Renovação Espiritual - da Conferência dos Religiosos do Brasil. É autor de diversas obras.