Sugestões para oferecer ou para ler...


terça-feira, 22 de novembro de 2022

"CORAÇÕES FERIDOS"

Já tinha ouvido falar muito desta autora, mas nunca tinha oportunidade de ler nada dela.
Posso dizer que fiquei fã e que já comprei mais um livro dela, para ler assim que tiver oportunidade.
Sabem aqueles livros que começamos a ler e não conseguimos parar? Este é um desses livros...
História fascinante, personagens sofridas, com histórias tocantes, pessoas que podiam viver mesmo ao nosso lado e fazer parte do nosso círculo de amizades.
Fiquei com saudades de cada uma das personagens e com pena do livro não ser maior...
Com uma vida cheia de obstáculos, Beyah só pode contar consigo própria para alcançar um futuro melhor. Mas a poucos meses de concretizar os seus planos e deixar para trás um passado que preferia esquecer, um acontecimento inesperado obriga-a a seguir um novo rumo e procurar a única saída possível. É assim que, de um momento para o outro, se vê na Península Bolivar, no Texas, a passar os meses de verão com o pai, que mal conhece, decidida a deixar avançar os dias sem levantar grandes ondas.
Tudo muda quando conhece Samson, o vizinho da casa ao lado, que exerce sobre ela um estranho fascínio, apesar de nada terem em comum, pois ela vem de uma vida de pobreza e negligência e ele de uma família rica e privilegiada. no entanto, a convivência fá-los perceber que, apesar das suas diferenças, há uma tristeza inerente que os une e atrai.
É inegável que a ligação entre eles é intensa, mas os dois já traçaram o seu rumo e não querem perder o pé numa relação sem futuro. Só não estavam à espera de que a corrente pudesse arrastá-los para um mar profundo de emoções.
Notas sobre a autora:
Colleen Hoover é uma autora norte-americana que já atingiu o 1.º lugar no top de vendas do New York Times e comoveu muitos leitores com os seus seis livros publicados, incluindo Um Caso Perdido (Hopeless).
Colleen cresceu numa quinta, no Texas, casou-se aos 20 anos e tirou uma licenciatura em Serviço Social. Trabalhou nos Serviços de Proteção a Crianças, antes de voltar aos estudos para concluir a sua formação em Educação Especial e Nutrição Infantil.
Vive com o marido e os três filhos à beira de um lago no Texas.

sexta-feira, 18 de novembro de 2022

"SE EU FICAR"


Um livro com uma escrita bastante emotiva, baseado numa rapariga que perde os pais e o irmão num acidente de viação.
Estando em estado grave e em coma profundo no hospital, consegue "atingir outra dimensão" e assistir a tudo o que se passa com o seu internamento e com as pessoas que a rodeiam.
Haverá sempre o mito que nos faz pensar se as pessoas que estão em coma nos conseguem ouvir ou não...
Naquela manhã de Fevereiro, quando Mia, uma adolescente de dezassete anos, acorda, as suas preocupações giram à volta de decisões normais para uma rapariga da sua idade. É então que ela e a família resolvem ir dar um passeio de carro depois do pequeno-almoço e, numa questão de segundos, um grave acidente rouba-lhe todas as escolhas. Nas vinte e quatro horas que se seguem, Mia, em estado de coma, relembra a sua vida, pesa o que é verdadeiramente importante e, confrontada com o que faz com que valha mesmo a pena viver, tem de tomar a decisão mais difícil de todas.
Notas sobre a autora:
 Gayle Forman é uma autora premiada e uma jornalista cujos artigos foram já publicados na Cosmopolitan, Seventeen e Elle, entre outras revistas. Se Eu Ficar foi considerado um dos melhores livros juvenis de 2009 pela Amazon e pela Publishers Weekly e os seus direitos cinematográficos foram adquiridos pela Summit Entertainment, o estúdio que produziu Crepúsculo. Gayle Forman vive em Brooklyn com a família.

sexta-feira, 7 de outubro de 2022

"MEMÓRIAS ESQUECIDAS"

 

Tenho uma boa relação com os livros e a escrita desta autora, mas confesso que este livro se tornou algo maçador, daí talvez tenha levado tanto tempo até o terminar.
A história está bem construída, mas a partir de certo ponto a narrativa começa a "mastigar" e parece que não desenvolve, passando a ser um constante recuo ao passado.
Apenas na parte final do livro a narrativa ganha novo fôlego, o que desperta o interesse do leitor.
Esperava muito mais de Jodi Picoult, este livro deixou muito a desejar.

Delia Hopkins tinha seis anos quando o pai a deixou ser sua assistente num espetáculo de magia. " Aprendi muito nessa noite… Que as pessoas não se evaporam no ar". Uma lição que agora, já adulta, confirma todos os dias: a profissão de Delia, na verdade, é encontrar pessoas desaparecidas com a ajuda do seu cão fiel. Gosta do trabalho e também da vida que leva. Apesar de ter perdido a mãe quando ainda era criança, foi criada pelo pai com amor e agora está prestes a casar com o companheiro com quem vive há muito tempo e de quem tem uma filha. Mas, na véspera do casamento uma coisa inesperada e chocante acontece: o seu pai é preso pela polícia sob a acusação de ter raptado Delia à mãe que esta julga ter morrido num acidente de automóvel.

Numa dramática inversão de situações e de emoções, privada das suas certezas e do seu passado, Delia inicia uma busca dolorosa da verdade que lhe escapa, porque cada um tem a sua verdade, e porque às vezes amar e proteger uma pessoa também pode obrigar a mentir...
Notas sobre a autora:
Jodi Picoult nasceu e cresceu em Long Island. Estudou Inglês e Escrita Criativa na Universidade de Princeton e publicou dois contos na revista Seventeen enquanto ainda era estudante. O seu espírito realista e a necessidade de pagar a renda levaram-na a ter uma série de empregos diferentes depois de se formar: trabalhou numa corretora e numa editora, foi copywriter numa agência de publicidade e professora de Inglês. Em 2003, foi galardoada com o New England Bookseller Award for Fiction.



quinta-feira, 15 de setembro de 2022

"VERDADE OU CONSEQUÊNCIA"

 

Que livro espectacular!!!
Uma verdadeira rede de casos, que aparentemente nada têm que ver uns com os outros, e que no final vão-se entrelaçar e encaixar como se fizessem parte de um puzzle.
Já tinha muitas saudades de Helen Grace, continuo a "embirrar" com Emilia Garanita e fiquei a detestar o agente Hudson.
O final é surpreendente e percebe-se perfeitamente que terá continuação, pelo que estou ansiosa pelo próximo volume...

A cidade de Southampton vê-se a braços com uma onda de crimes violentos sem precedentes. Fogo posto num ferro-velho. Um assalto a um carro que termina em tragédia. Um homicídio num dos parques da cidade. A polícia tenta alcançar respostas a todo o custo, mas, sem pistas, parece ser impossível descobrir o que liga todos estes casos.

Para a inspetora Helen Grace, no entanto, os problemas estão apenas a começar: dentro da própria esquadra, os obstáculos acumulam-se, deitando por terra qualquer avanço nas investigações, ao mesmo tempo que a pressão sobre si não para de aumentar — e quando as peças do puzzle se começam a encaixar, revelando uma hábil e perversa teia de crimes, a inspetora Grace vê-se obrigada a enfrentar algo que talvez seja impossível de travar...
Notas sobre o autor:
M. J. Arlidge é um autor bestseller do Sunday Times. Trabalha em televisão há cerca de 20 anos, tendo-se especializado em produções dramáticas de alta qualidade.
Nos últimos anos, produziu um grande número de séries criminais passadas em horário nobre na ITV, rede de televisão do Reino Unido, e criou outras também para diferentes canais de televisão britânicos e americanos.

terça-feira, 23 de agosto de 2022

"A MULHER QUE DECIDIU PASSAR UM ANO NA CAMA"

 

A famosa autora da personagem Adrian Mole, que tanto me divertiu na adolescência, desta vez traz-nos a história de uma mulher banal, que cansada dos seus deveres de mãe/esposa/dona de casa/gestora de finanças domésticas, etc, decide enfiar-se na cama durante um ano e deixar o mundo continuar a girar, sem se preocupar com nada.
Quem nunca teve vontade de fazer isto? Não ter horários nem obrigações?
O livro tem momentos bastante divertidos, mas o último terço da história torna-se algo cansativa e sem grande piada.

No dia em que os seus filhos gémeos saem de casa para ingressarem na faculdade, Eva sobe para o seu quarto, deita-se na cama e ali permanece. Durante dezassete anos quis gritar ao mundo que a deixasse em paz, e esta é finalmente a sua oportunidade. O marido, um astrónomo há oito anos a viver um caso extraconjugal, não está nada contente: afinal, quem é que lhe vai fazer o jantar ou passar as camisas? Mas, inesperadamente, as notícias da decisão de Eva espalham-se pela cidade. Centenas de fãs apoiam-na, encarando a sua recusa em sair da cama como uma ação de protesto. E, do seu estranho lugar de dependência auto-infligida, Eva começa a ver-se a si própria e ao mundo de forma muito diferente... Uma narrativa vigorosa que faz uma crítica contundente às relações familiares, num estilo pleno de humor e insight.
Notas sobre a autora:
Sue Townsend foi autora de vários livros e peças teatrais, mãe de quatro filhos, assistente social e bolseira da cadeia de televisão "Thames TV".
Quando, aos 36 anos, escreveu o Diário Secreto de Adrian Mole, jamais imaginou o sucesso que toda a série viria a alcançar, não só em Inglaterra, como em quase todos os países da Europa e até no Japão.
Para além dos 6 volumes da série Adrian Mole, publicou A Rainha e Eu e Número Dez. Morreu a 10 de abril de 2014.

terça-feira, 9 de agosto de 2022

"A CASA NA FLORESTA"

Um livro que se lê rapidamente: pela capa dá-nos logo a ideia de uma casa assombrada, e na realidade parece que é... ou não...
Todos guardam segredos e fantasmas e Neve (a personagem principal) vê-se enredada numa história de vida que nada tem a ver consigo, mas da qual não consegue escapar.
Livro com capítulos curtinhos, que se lê com avidez!

Um estranho encontro,
Um presente inesperado,
Um segredo perverso…

Numa noite gelada, ao regressar a casa, Neve Carey é abordada por uma mulher estranha e perturbada, na ponte sobre o rio Tamisa, que lhe entrega um envelope, lançando-se de seguida para as águas do rio.
Duas semanas mais tarde, numa altura em que a sua vida está cada vez mais caótica, Neve descobre que a mulher que se suicidou à sua frente lhe deixou de herança uma casa na Cornualha, o que parece ser a solução perfeita para os seus problemas.
Neve decide então mudar-se sozinha para a casa, mas, assim que lá chega, arrepende-se. Fica no meio de uma floresta sombria, tem um aspeto sinistro, com grades nas janelas, e coisas bizarras começam a acontecer. Em pouco tempo, a casa dos seus sonhos transforma-se no seu pior pesadelo. E a verdade é que esta esconde um segredo perverso… que mudará para sempre a vida de Neve.


Notas sobre a autora:
Cass Green é uma autora bestseller internacional de thrillers psicológicos.
Recebeu vários prémios literários como escritora de ficção para jovens adultos, assinando com o nome Caroline Green.
O seu primeiro thriller, The Woman Next Door, foi n.º 1 de vendas em e-book, e o segundo, A Casa na Floresta, foi bestseller do USA Today e do Sunday Times.
Cass Green é jornalista há mais de 20 anos, tendo colaborado com vários jornais e revistas.
Vive atualmente em Londres com a família.

quarta-feira, 3 de agosto de 2022

"SONHOS DE PAPEL"

Um livro de leitura simples, um romance bonito, embora não seja nada de especial.
O mistério sobre a morte de uma personagem com pouco ou nenhuma relevância serviu para alimentar quase toda a história.
A personagem Patrick, que era uma das mais promissoras, teve uma saída abrupta da trama, quando ainda tinha muito para dar.
É um livro que se lê com facilidade, mas não me encantou como eu esperava.

Josie Moraine vive mais do que uma vida.
Ela é filha de uma das prostitutas de luxo mais cobiçadas de Nova Orleães, um estigma que a arrasta para o submundo decadente da cidade. Vítima da negligência da mãe, tem nos moradores do extravagante Bairro Francês os seus maiores aliados. De Cokie, humilde e fiel; a Willie, a dona de um bordel cuja frieza esconde um coração de ouro; e a Jesse, tímido, atraente e eternamente apaixonado, todos a protegem e velam por ela.
Mas Josie sonha mais alto e move-se com igual à-vontade nos corredores da livraria onde, graças à bondade de um desconhecido, trabalha e habita. Este é o seu porto seguro. Aqui, entre as estantes repletas de livros, no pequeno escritório que agora lhe serve de quarto, não tem de se defender da sua própria mãe nem fingir ser a durona solitária que domina as ruas. Ao anoitecer, quando a porta se fecha e as luzes se apagam, ela descobre nas páginas que folheia a imensidão do mundo e anseia por uma vida melhor. Uma vida como a de Charlotte, a filha de uma família da alta sociedade, cuja amizade a inquieta a ponto de arriscar tudo, mesmo a promessa de um amor verdadeiro. E quando os seus sonhos estão prestes a realizar-se, um crime muda tudo… para sempre.

Notas sobre a autora:
Ruta Sepetys, nascida e criada em Michigan, é filha de refugiados lituanos. As nações da Lituânia, Letónia e Estónia desapareceram do mapa em 1941 e não reapareceram até 1990. Como esta é uma história raramente contada, Ruta quis dar voz a centenas de milhares de pessoas que perderam a vida durante as purgas estalinistas na região báltica. Ruta vive com a família no Tennessee.

domingo, 17 de julho de 2022

"O PACIENTE"

Um livro como este, que nos prende desde o início e que nos faz devorar página atrás de página, merecia um final muito melhor.
Chegamos a criar algum tipo de "empatia" motivada pela curiosidade com o paciente Joe e todos os mistérios que o rodeiam, por isso o final parece totalmente desapropriado.
Uma leitura no mínimo estranha...

Os nossos receios mais profundos e as nossas recordações mais dolorosas são o que o alimenta.
Numa série de publicações online, Parker H., um jovem e ambicioso psiquiatra, relata o seu terrível trabalho num hospital psiquiátrico e o seu esforço para curar um paciente desconcertante e muito perigoso: um homem de 40 anos que está internado desde os 6. Trata-se do caso mais difícil da instituição, pois o paciente não tem diagnóstico conhecido, e os seus sintomas parecem evoluir com o tempo. Cada pessoa que tentou tratá-lo foi levada à loucura ou ao suicídio.
Desesperados e temerosos, os diretores do hospital mantêm-no rigidamente confinado e permitem apenas o contacto indispensável com a equipa para a segurança de todos, convencidos de que libertá-lo representaria uma séria ameaça para a sociedade.
Parker assume a responsabilidade de descobrir o que aflige esse paciente misterioso, com o objetivo de o curar. Mas as coisas fogem ao seu controlo desde o primeiro encontro. E, diante de uma possibilidade inimaginável, Parker é forçado a questionar tudo aquilo em que julgava acreditar.

Notas sobre o autor:
Jasper DeWitt é o pseudónimo de um jornalista americano que vive em Nova Iorque.
Tem como influências literárias autores como H. P. Lovecraft, Peter Straub ou George R. R. Martin.
O Paciente é o seu primeiro romance e os direitos de tradução já foram vendidos para 20 países.
Os direitos cinematográficos foram adquiridos ela 20th Century Fox em parceria com a New Regency. Ryan Reynolds será o produtor.

quinta-feira, 14 de julho de 2022

"SENHORA DO MEU DESTINO"

O que dizer...??? Lesley Pearse é a minha autora de eleição e as suas obras nunca me desiludem.
Como sempre este livro tem como personagens principais e "heroínas" várias mulheres, como já é hábito na autora, se bem que achei que este livro tinha um toque adicional de mistério/policial, o que o torna uma leitura deliciosa.

Esta é a história de três mulheres talentosas e lutadoras.
É a história de Mabel, cujo amor por um homem viciado no jogo quase a leva à loucura. É a história de Amy, que se casa com um homem destruído pela guerra e pelos seus próprios fracassos. E é a história de Tara, que cedo decide quebrar o ciclo de miséria e violência da sua família. E tenciona fazê-lo através da moda, que a fascina desde criança.
Para isso, Tara terá de lutar contra o legado que lhe foi deixado pela mãe e pela avó e enfrentar os perigos do popular bairro londrino onde mora e convive com gangues, patifes, comerciantes e mulheres frívolas.
Mas a maior ameaça à realização dos seus sonhos pode vir de onde menos se espera: ela própria, sobretudo se não contrariar a avassaladora paixão que sente desde sempre pelo encantador - e terrível em igual medida - Harry Collins.
Conseguirá Tara ser senhora do seu destino e viver de acordo com as suas regras?

Notas sobre a autora:
Lesley Pearse é autora de uma vasta obra publicada em todo o mundo e uma das escritoras preferidas do público português. A sua própria vida é uma grande fonte de inspiração para os seus romances. Quer esteja a escrever sobre a dor do primeiro amor, crianças indesejadas e maltratadas, adoção, pobreza ou ambição, ela viveu tudo isto em primeira mão. Lesley é uma lutadora, e a estabilidade e sucesso que atingiu na sua vida deve-os à escrita. Com o apoio da editora Penguin, criou o Women of Courage Award para distinguir mulheres comuns dotadas de uma coragem extraordinária.

 

quarta-feira, 8 de junho de 2022

"O COMBOIO DOS ORFÃOS"

 

Um livro fantástico, ainda mais se pensarmos que a temática da obra foi algo que aconteceu realmente, era a realidade há muitos anos atrás: centenas de crianças orfãos, colocadas em comboios para serem distribuídas por quem as quisesse acolher.
As personagens do livro são cativantes e o paralelismo entre o passado e o presente é muito interessante.
Uma leitura que não desilude.
Em 1929, Nova Iorque é uma cidade vibrante mas cruel para com os mais fracos. O número de órfãos a viver nas ruas multiplica-se. Demasiado visíveis, estas crianças são um incómodo para o qual é encontrada uma solução radical.
Em comboios que partem rumo ao interior dos Estados Unidos, os órfãos são amontoados e oferecidos a quem os quiser receber, os seus destinos entregues a desconhecidos, as suas vidas à mercê do acaso.
Vivian teve em tempos um lar e uma família. Após o incêndio que matou os seus pais e a deixou só no mundo, ela passa a ser apenas mais uma entre as centenas de crianças forçadas a embarcar no "Comboio dos Órfãos".
Décadas depois, Molly Ayer, uma jovem que não conhece outro sentimento que não a rejeição das famílias de acolhimento por onde passa, é acusada de roubar um livro. Ela sabe que, agora, ninguém a defenderá. Com aquele livro, morrem também os seus sonhos.
O fio do destino vai ligar estas duas mulheres. Vivian e Molly são mais parecidas do que imaginam. E no dia em que Molly decide solucionar o grande enigma do passado de Vivian, sem o saber, vai encontrar a sua própria salvação.
Um relato épico centrado numa realidade da História americana há muito esquecida…
Notas sobre a autora:
Christina Baker Kline nasceu em Cambridge e cresceu dividindo o seu tempo entre a Grã-Bretanha e os Estados Unidos. Foi professora de Escrita Criativa, Literatura Inglesa, Teoria da Literatura e Estudos de Género nas universidades de Yale, Drew e NYU.
Para além do seu trabalho como ensaísta e editora, é autora de cinco romances. Vive em Nova Jérsia com o marido e os filhos.

quarta-feira, 18 de maio de 2022

"MATAR À PORTUGUESA"

Um livro que reúne mais de 30 crimes que aconteceram no nosso país e que na altura não deixaram ninguém indiferente.
Um pequeno resumo de cada um deles, com pormenores e detalhes da investigação, que na época nunca chegaram a ser conhecidos.
Uma obra interessante para quem goste deste género de literatura.

Portugal, país de brandos costumes, reúne em décadas de história alguns dos crimes mais sórdidos, macabros e sangrentos jamais vistos. Neste livro encontra a história de cada um deles, vista por que acompanhou estes assassinos de perto e sentiu toda a frieza de quem mata. Dissecados por três homens que acompanharam de perto os eventos e os protagonistas, MATAR À PORTUGUESA leva-nos às profundezas da mente de assassinos como o Estripador de Lisboa, Rei Ghob, o Mata-Bófia, entre outros indivíduos que aparentemente eram pessoas normais e que podiam viver mesmo ao nosso lado.

quinta-feira, 12 de maio de 2022

"O CASAL DO LADO"

 

Um livro muito interessante que nos mostra o poder dos segredos no seio das melhores famílias e como o desespero financeiro e a ganância podem levar a atitudes condenáveis.
O enredo está muito bem construído e as personagens conseguem cativar-nos.
Recomendo a quem gosta de leituras cheias de mistério.
Cynthia disse a Anne que não levasse a filha Cora, a bebé de seis meses, para sua casa na noite do jantar para que ela e o marido Marco tinham sido convidados. Não era nada de pessoal. Ela simplesmente não suportava o choro de crianças. Marco não se opõe. Afinal, eles vivem no apartamento do lado. Têm consigo o intercomunicador e irão alternadamente, de meia em meia hora, ver como está a filha.
Cora dormia da última vez que Anne a tinha ido ver. Mas, ao subir as escadas da casa em silêncio, ela depara-se com a imagem que sempre a aterrorizou. A menina desapareceu. Anne nunca tivera de chamar a polícia, antes disso. Mas agora eles estão lá e quem sabe o que irão descobrir... do que seremos capazes, quando levados além dos nossos limites?
Notas sobre a autora:
Shari Lapena exerceu advocacia e foi professora de Inglês antes de se dedicar à escrita de ficção.
O Casal do Lado, o seu livro de estreia, foi o thriller mais falado de 2016, ocupando as primeiras posições das listas de bestsellers do Sunday Times e do New York Times.
Foi eleito o livro do ano pela WHSmith.
Os direitos de tradução foram vendidos para 28 línguas.

segunda-feira, 4 de abril de 2022

"EU SEI O QUE VOCÊS FIZERAM"

Um livro que quase nos faz roer as unhas de tanto mistério e desconfiança...
Uma comunidade de vizinhos em que ninguém é quem parece e em que todos têm algo a esconder, tanto no presente como no passado.
Uma agressão que quase leva à morte de um dos membros da comunidade e um diário carregado de segredos, que não convém a ninguém que sejam descobertos, são os ingredientes que fazem desta história um vício até à última página!!!

E se os segredos dos seus vizinhos lhe caíssem nas mãos, na forma de um diário?
E se a mulher que o deixou fosse assassinada por uma das pessoas de que fala esse diário?
E se a polícia lhe perguntasse se sabia alguma coisa?
Entregaria o diário?
Ou tentaria descobrir os segredos de cada um?
Eu sei o que fizeram é o thriller viciante da Rainha das Revelações.
Notas sobre a autora:
Traduzida em 30 línguas e com mais de 2 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Dorothy Koomson é hoje uma das maiores referências do romance feminino.
Ao livro mais emblemático – A filha da minha melhor amiga – seguiram-se outros sucessos que a tornaram uma das autoras preferidas dos leitores portugueses. Descubra mais sobre a autora em : www.dorothykoomson.co.uk e www.facebook.com/dorothykoomsonportugal

quinta-feira, 17 de março de 2022

"ÁGUAS DE TEMPESTADE"

 

Uma história emocionante, de como várias pessoas assoladas por um furacão, de um momento para o outro vêem as suas vidas viradas do avesso e tentam lutar contra as adversidades e as perdas de bens materiais.
É também a prova de que, por vezes, há males que vêm por bem, pois por vezes estes "abanões" inesperados com que a vida nos presenteia, fazem com que fiquemos mais receptivos às coisas boas que estão por vir...

À medida que o furacão Ofélia se abate sobre Nova Iorque, milhões de pessoas são apanhadas pelas terríveis inundações que a tempestade desencadeia. Ellen Wharton, uma designer de interiores de sucesso, apanha um avião de Londres para Nova Iorque, decidida a visitar a mãe; Charles Williams, britânico e banqueiro de investimento, está ansioso por ver as filhas, que vivem com a sua ex-mulher em Nova Iorque; Juliette Dubois, médica do serviço de urgência, luta para salvar vidas; e Peter Holbrook e Ben Weiss, estudantes universitários curiosos com o desastre natural que se aproxima, recusam-se a abandonar o edifício onde vivem.
Notas sobre a autora:
Danielle Steel nasceu em Nova Iorque em 1949. Passou parte da sua infância em França, e, regressada aos Estados Unidos, estudou Literatura Francesa e Italiana na Universidade de Nova Iorque. Tem sido aclamada como uma das autoras mais populares a nível mundial, traduzida em 28 línguas e publicada em 47 países, com mais de 590 milhões de livros vendidos.
Os seus bestsellers internacionais incluem Mistérios do SulAssuntos do CoraçãoUm Dia de Cada VezGrande Mulher, entre outros títulos.

sexta-feira, 4 de março de 2022

BOLO DE MAÇÃ NA FRIGIDEIRA

 

Uma receita muito simples e rápida de fazer (como são praticamente todas as receitas que publico) para aqueles dias em que nos apetece algo doce sem grandes complicações, que seja saboroso e ao mesmo tempo saudável... A revista foi retirada do canal de Youtube do Lidl.

2 ovos
1 iogurte natural
170gr de farinha de aveia ou espelta
1 colher de café de fermento
canela q.b.
2 colheres de sopa de sementes de chia
2 maçãs picadas

Misturar todos os ingredientes. 
Untar uma frigideira com óleo de coco, deixar aquecer um pouco e deitar a massa.
Por cima colocar maçã laminada e polvilhar com um pouco de canela.
Tapar e deixar cozinhar cerca de 5 minutos. Virar com a ajuda de um prato e deixar cozinhar por mais 2 ou 3 minutos.
Servir morno ou frio.

terça-feira, 1 de março de 2022

"MISTÉRIO EM NINE ELMS"

Uma história macabra e com um ritmo alucinante, que me fez ficar fã da detective Kate, por isso em breve quero ler os restantes livros do autor que tenho em casa.
Um crime do passado que se começa a repetir no presente, acontecimentos bizarros e mortes estranhas quem lembram a Kate todo o horror que já viveu, fazem deste livro uma obra que nos deixa com os nervos à flor da pele...
Kate Marshall era uma jovem e promissora detetive da polícia londrina quando apanhou o famoso assassino em série que operava na região de Nine Elms. Mas a sua maior vitória transformou-se de súbito num pesadelo devido a uma série de circunstâncias inesperadas. Traumatizada, traída e publicamente vilipendiada, Kate pouco pôde fazer enquanto via a sua carreira ser julgada na praça pública.
Mais de quinze anos passados desde esses acontecimentos, embora o seu tempo na polícia esteja ainda bem presente, vive agora uma vida tranquila numa cidade pacífica da costa inglesa. Um dia, porém, Kate recebe uma carta de alguém que faz parte do seu passado e é novamente lançada para a mente distorcida de um assassino que conhece demasiado bem, vendo-se envolvida nos meandros de um caso que só ela poderá resolver.Com um talento invulgar para entrar na mente criminosa, Kate recorre às suas prodigiosas e há muito descuradas competências de investigadora para enfrentar um caso cujo sucesso promete redenção. Mas há demasiado em jogo: não é só Kate que quer apanhar o assassino… ele também a quer encontrar.
Um thriller brilhante, misterioso e inteligente.

Notas sobre o autor:
Robert Bryndza é um autor bestseller internacional, conhecido pelos seus policiais atmosféricos, que venderam mais de quatro milhões de exemplares.
A sua estreia nos policiais, A Rapariga no Gelo, vendeu mais de um milhão de livros, alcançando o número um nas tabelas da Amazon no Reino Unido, Estados Unidos e Austrália tendo os direitos de tradução sido vendidos para 29 países. Publicou mais cinco romances na série Erika Foster, todos bestsellers globais.
Recentemente, criou uma nova série de policiais em torno da protagonista Kate Marshall, uma agente da polícia transformada em detetive privada. O primeiro livro, Mistério em Nine Elms, foi número um da tabela de bestsellers da Amazon USA e entrou no Top cinco da lista de bestsellers da Amazon UK, tendo os direitos de tradução da série já sido vendidos para 15 países.
Pode obter mais informações sobre ele e os seus livros em www.robertbryndza.com.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

"SE ME AMAS NÃO TE DEMORES"


Raul Minh'Alma tem o dom de transmitir pensamentos profundos com palavras simples e imagens do quotidiano.
Será que já paramos um pouco para pensar em como o tempo passa rápido? Em como não somos donos do tempo e por vezes desperdiçamos parte das nossas vidas com coisas que não merecem minimamente a pena?
Todos devíamos aproveitar cada momento, porque o tempo não pára e, quando damos por nós, percebemos que deixamos tanto por fazer e por viver.
Este livro fala essencialmente do tempo e do processo de "envelhecimento" do corpo e da mente.
Cada obra deste autor é uma lição de vida para cada um de nós.
O tempo passa a correr. Ouvimos esta frase desde sempre mas, para Salvador, é literalmente o que acontece. Ainda muito novo, foi diagnosticado com uma condição genética rara que o faz envelhecer muito mais depressa do que o normal. Por isso, cada momento que vive é ainda mais intenso e cada segundo, ainda mais precioso.
Linda, por seu lado, está estagnada no tempo. Mãe solteira, professora, vive praticamente para o filho Francisco e para o trabalho. Cada dia é apenas mais um dia e as suas vontades estão sempre em segundo plano.
O destino parece querer juntar Linda e Salvador, mas pode o amor resistir à velocidade do tempo? Será a relação deles suficientemente forte para aguentar ritmos de vida tão distintos?
Raul Minh’alma, o escritor mais vendido em Portugal em 2020 e autor do livro mais vendido em 2019, traz-nos uma nova e inesque
cível história de amor que te vai mostrar a importância de viver no momento presente.

Notas sobre o autor:
Raul Minh'alma nasceu em 1992, é natural do Marco de Canaveses e formado em Engenharia Mecânica na FEUP. Publicou o seu primeiro livro em 2011, com o título Desculpe Mãe, mas foi em 2016, com apenas vinte e quatro anos, que alcançou o reconhecimento do público com o seu primeiro bestseller Larga Quem Não Te Agarra. Entre outros livros, publicou em 2018 o romance Foi Sem Querer Que Te Quis que viria a ser o livro mais vendido em Portugal no ano de 2019. Já em 2020 Raul Minh'alma foi mesmo o autor que mais livros vendeu em Portugal, sendo o mais jovem de sempre a consegui-lo.