Sugestões para oferecer ou para ler...


quarta-feira, 13 de outubro de 2021

"UM FOGO LENTO"

Um bom thriller psicológico, mas ficou muito além do que esperava... Confesso que depois de ter ouvido tanto "alarido" com este novo livro de Paula Hawkins, esperava algo muito mais emocionante e carregado de adrenalina.
Tal como no livro anterior, achei as personagens demasiado confusas e existiram muitas partes que eram perfeitamente dispensáveis.
Como tal, acho que é um bom livro para quem se está a estrear na leitura deste género literário, mas, para quem está habituado a ler bons thrillers, este livro não cativa por aí além...

O livro mais aguardado do ano.
O novo êxito da autora bestseller mundial.
Um homem é encontrado brutalmente assassinado em Londres, dentro de um barco, o que levanta uma série de questões sobre três mulheres que o conheciam.
Laura é a jovem problemática que foi vista pela última vez com a vítima. Carla é a tia inconsolável, ainda de luto por outro familiar falecido pouco tempo antes. E Miriam é a vizinha bisbilhoteira que encontrou o corpo coberto de sangue, mas que claramente esconde segredos da polícia.
Três mulheres com ligações distintas a este homem. Três mulheres consumidas pelo ressentimento que estão ansiosas por se vingarem do mal que lhes foi infligido. E, quando toca a vingança, mesmo as melhores pessoas são capazes dos atos mais terríveis.
Até onde irão estas mulheres para encontrar a paz de espírito?
E durante quanto tempo podem os segredos arder em fogo lento antes de irromperem em chamas descontroladas?
Com a mesma força com que cativou dezenas de milhões de leitores em A Rapariga no Comboio e Escrito na Água, Paula Hawkins desenvolve brilhantemente uma história inesquecível de segredos, assassínio e vingança.

Notas sobre a autora:Paula Hawkins foi jornalista na área financeira durante quinze anos, antes de se dedicar inteiramente à escrita de ficção. Nascida e criada no Zimbabué, mudou-se para Londres em 1989, onde vive atualmente. A Rapariga no Comboio foi o seu primeiro livro e foi um verdadeiro fenómeno, tendo sido traduzido em mais de 40 línguas, com cerca de 23 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Em Portugal, foi também um enorme êxito, atingindo os 152 000 exemplares editados. Do livro resultou um filme de sucesso, protagonizado por Emily Blunt, que alcançou o primeiro lugar das bilheteiras.

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

"GANHEI UMA VIDA QUANDO TE PERDI"

Leitura fantástica, uma vez mais o autor consegue tocar-nos de forma profunda, pois aborda situações por que estamos a passar ou que já passamos num passado distante ou recente...
Embora por vezes a história possa ter um toque algo "lamechas", não conseguimos evitar ser profundamente tocados pelos ensinamentos que vamos lendo.
Este livro deve ser lido por toda a gente em qualquer idade ou fase da vida, pois não haverá ninguém que não se identifique com algo que este livro traz.
Destaco apenas uma frase:
“As pessoas entram na nossa vida quando têm de entrar”, e... saem quando têm que sair!...

Como é que se esquece alguém? Quando Alice decide esquecer Gustavo, depois de este a ter magoado, procura Artur, um homem sábio e misterioso que tem o dom de apagar, temporariamente, as memórias associadas a uma pessoa.
No entanto, Alice estava longe de imaginar as consequências que essa decisão iria trazer para a sua vida, principalmente depois de se apaixonar por Rodrigo.
Agora tinha mais uma difícil decisão em mãos: enfrentar o passado, ou viver este novo amor que, depois de ter apagado parte das suas memórias, poderia não passar de uma mera ilusão…
O autor bestseller Raul Minh’alma, líder dos tops nacionais de vendas, traz-nos um romance arrebatador onde nos explica como fazer de um fim um novo começo e de uma perda uma grande conquista.
Notas sobre o autor:
Raul Minh'alma nasceu em 1992, é natural do Marco de Canaveses e formado em Engenharia Mecânica na FEUP. Publicou o seu primeiro livro em 2011, com o título Desculpe Mãe, mas foi em 2016, com apenas vinte e quatro anos, que alcançou o reconhecimento do público com o seu primeiro bestseller Larga Quem Não Te Agarra. Entre outros livros, publicou em 2018 o romance Foi Sem Querer Que Te Quis que viria a ser o livro mais vendido em Portugal no ano de 2019. Já em 2020 Raul Minh'alma foi mesmo o autor que mais livros vendeu em Portugal, sendo o mais jovem de sempre a consegui-lo.

terça-feira, 28 de setembro de 2021

PÃO DE QUEIJO À SAI PETISCO

Cá por casa gostamos muito de pães de queijo e ando sempre em busca de novas receitas, por isso assim que encontrei esta receita da minha amiga Fátima Emídio, do blog Sai Petisco meti mãos à obra e tratei de a experimentar.
Os pães ficam deliciosos e podem congelar depois de confeccionados para que possam ter sempre à mão estas maravilhas.
Façam e deixem-se levar pelo sabor delicioso destes pãezinhos...
2 ovos
100gr de polvilho doce
100gr de fubá de mandioca
sal q.b.
200gr de queijo quark
1 chávena de queijo ralado

Misturar todos os ingredientes muito bem.
Formar bolinhas, colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno, pré-aquecido a 180º, até ficarem dourados (cerca de 15 minutos).

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

"UM POR UM"

E pronto... este é um daqueles livros que se lêem num instante e que nos fazem desconfiar de tudo e de todos.
Uma reunião de empresa num chalé nas montanhas, em que todos parecem inocentes, mas a cada página que avançamos, já todos nos parecem suspeitos, o que nos provoca uma adrenalina imensa durante a leitura e nos faz querer avançar na história tão rápido quanto possível.
A autora teve uma forma muito inteligente de conduzir o leitor a várias suspeitas durante o desenrolar do trama, sendo que o desfecho está simplesmente brutal!!!

O cofundador da Snoop uma start up tecnológica em ascensão, organiza um encontro de empresa num retiro de luxo que começa como qualquer outro: apresentações e sessões de estratégia, seguidas de momentos de lazer.
Mas assim que uma acionista altera a agenda, empurrando a empresa para uma lucrativa mas controversa oferta de compra, as tensões aumentam e a lealdade é testada. O ambiente tenso é agravado quando o grupo fica isolado do mundo exterior Pior, um dos membros da equipa está desaparecido...
À medida que cada hora passa sem qualquer sinal de resgate, o pânico aumenta e o grupo vai diminuindo, um por um... Oito colegas de trabalho cada um com algo a ganhar, algo a perder e algo a esconder. Quem resistirá a este complexo jogo de manipulação e encobrimento.

Notas sobre a autora:Ruth Ware cresceu em Lewes, em East Sussex. Depois de se formar pela Universidade de Manchester mudou-se para Paris, antes de se estabelecer no norte de Londres. Casada, com dois filhos pequenos, trabalhou como empregada de mesa, livreira, como professora de Inglês de língua estrangeira e assessora de imprensa. O seu thriller de estreia, Numa Floresta Muito Escura, foi um bestseller do Sunday Times e do New York Times Top Vinte.

sexta-feira, 10 de setembro de 2021

"QUANDO A NEVE CAI"


Embora não seja Inverno nem época de frio e chuva (antes pelo contrário) este é um livro lindo, com 3 histórias distintas mas interligadas entre si, com personagens jovens e divertidas.
Todo o livro é escrito com um grande sentido de humor, o que proporciona uma leitura leve e descontraída, o tipo de livro ideal para ser lido nas férias ou naquelas alturas em que a nossa mente necessita de algo ligeiro.
Recomendo a que vejam na Netflix a adaptação do livro para filme, com o título "Let it Snow".
Numa cidade isolada por uma das maiores tempestades de neve dos últimos cinquenta anos, três histórias, oito raparigas e rapazes e mais uns quantos caminhos vão cruzar-se num romance brilhante, mágico e divertido, a que não faltarão fragmentos de amor, laços de amizade, uma maratona de filmes do James Bond e beijos muito apaixonados.
Um livro perfeito para quem gosta de histórias de amor e aventura.
Notas sobre o autor:
John Green é autor de vários bestsellers do The New York Times. Recebeu o Michael L. Printz Award e o Edgar Award. Foi por duas vezes finalista do L. A. Times Book Prize. Os seus livros foram traduzidos em mais de vinte línguas. John é também o cocriador, com o seu irmão Hank, do vlogbrothers, uma série de vídeos on-line que já foram visionados mais de 100 milhões de vezes.

domingo, 29 de agosto de 2021

"SEGREDOS DE MORTE"

Thriller psicológico muito bom, que começa com um crime presenciado por uma criança de 4 anos, e que envolve uma série de personagens suspeitas durante todo o livro, sendo que o final, com a descoberta do assassino e dos motivos que levaram ao crime é verdadeiramente surpreendente.
Recomendo a quem gosta de livros policiais carregados de mistério e suspense.

"Estava caída como uma boneca de tamanho natural - destruída, rasgada e descartada, os olhos castanhos enevoados e inertes."

Oak Knoll, California, 1986. Marissa Fordham tinha um passado cheio de segredos, e um presente cheio de mentiras. Todos sabiam quem era, mas ninguém a conhecia.
Quando Marissa é encontrada brutalmente assassinada, a sua filha Haley está debruçada sobre a mãe, e esta mulher misteriosa provoca um colapso colectivo à idílica cidade de Oak Knoll, ainda mal refeita de um crime recente.
É então que o serviço do 112 recebe uma chamada arrepiante. Uma voz de criança a dizer: "O papá fez mal à mamã..."

Notas sobre a autora:
Tami Hoag, escritora norte-americana, é originária do Minnesota, casada e a viver em Charlottesville na Virgínia. Os seus livros aparecem nas listas americanas de bestsellers desde a publicação em 1988 do seu primeiro romance.

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

"FOI SEM QUERER QUE TE QUIS"

 

Será que fui a única a chorar no final do livro???
Que espectáculo de leitura, que livro lindo!!!
Embora tenha partes que considero algo "lamechas", a escrita é fantástica e dá-nos uma verdadeira lição de vida e grandes "murros no estômago".
Revejo-me muito na personagem Beatriz, aconselho a toda a gente, independentemente da idade ou estado civil, a leitura deste livro.
"Não sentimos amor, somos amor...e amar é uma eterna viagem interior"
Quando menos esperamos a vida traz-nos aquilo que tentamos rejeitar. Como era possível Beatriz ter-se apaixonado, sem querer, por Leonardo? A primeira impressão que teve dele foi a pior possível. Era um jovem rico, mal-educado e mimado. Tudo o que mais desprezava em alguém. No entanto, o avô de Leonardo, um homem sábio e profundo conhecedor da vida, viria a aproximá-los.
Ao perceber a necessidade de Beatriz em reencontrar o caminho da felicidade depois de várias desilusões amorosas, ele promete dar-lhe a receita para ser feliz no amor. Um segredo escrito e guardado num envelope que ela só poderia abrir depois de cumprida uma tarefa: ajudar Leonardo a fazer as pazes com o seu passado e a tornar-se uma pessoa melhor. O que Beatriz não sabia é que esta missão iria transformar a sua própria vida para sempre.
Foi sem querer que te quis é o romance de estreia de Raul Minh’alma, autor bestseller de Larga quem não te agarra e Todos os dias são para sempre.
Uma história arrebatadora, que nos prende da primeira à última página e que redefine o significado de amor que tínhamos até hoje.
Notas sobre o autor:
Raul Minh'alma nasceu em 1992, é natural do Marco de Canaveses e formado em Engenharia Mecânica na FEUP. Publicou o seu primeiro livro em 2011, com o título Desculpe Mãe, mas foi em 2016, com apenas vinte e quatro anos, que alcançou o reconhecimento do público com o seu primeiro bestseller Larga Quem Não Te Agarra. Entre outros livros, publicou em 2018 o romance Foi Sem Querer Que Te Quis que viria a ser o livro mais vendido em Portugal no ano de 2019. Já em 2020 Raul Minh'alma foi mesmo o autor que mais livros vendeu em Portugal, sendo o mais jovem de sempre a consegui-lo.

terça-feira, 10 de agosto de 2021

BROWNIE FIT

 
Uma receita muito simples de confeccionar, com poucos ingredientes e, acima de tudo, muito saudável.
Podem servir morno ou então frio, acompanhado de uma bola de gelado.
Seja qual for a opção, garanto que vão ficar rendidos.

2 bananas maduras
2 ovos grandes (ou 3 ovos tamanho M)
2 colheres de sopa de cacau em pó
2 colheres de sopa de açucar de coco
1 colher de sobremesa de óleo de coco derretido
1 colher de sopa de café solúvel
1 colher de café de fermento em pó
 
Esmagar bem as bananas e ir juntado os restantes ingredientes aos poucos, batendo bem até obter uma mistura homogénea.
Untar um pirex com óleo de coco, deitar a massa e por cima colocar frutos vermelhos a gosto, pressionando para os "afundar" ligeiramente na massa.
Levar ao forno, pré-aquecido a 180º, por cerca de 20 minutos.