Sugestões para oferecer ou para ler...


sábado, 16 de fevereiro de 2019

QUEQUES PALEO

Fim de semana... hora do lanche.... nada com preparar uns queques saudáveis que se podem consumir sem culpas nem pesos na consciência.
A receita foi retirada do grupo de Facebook Paleo Descomplicado e são super fáceis de fazer.
Toca a ir para a cozinha e preparar um miminho para o lanche desta tarde fria!!!
5 ovos
250gr de farinha de aveia
50gr de azeite
250gr de iogurte grego
100gr de açucar mascavado
1 colher de chá de fermento em pó
2 colheres de chá de cacau em pó

Bater todo os ingredientes até obter uma mistura homogénea, colocar em forminhas e levar ao forno, pré-aquecido a 180º, durante cerca de 25 minutos.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

"A MENINA NA FLORESTA"

Este foi o livro mais longo que já li desta autora e aborda temas interessantes como a homossexualidade, o buylling, homofobia, etc.
A história gira em torno do desaparecimento de uma criança de 4 anos, facto muito semelhante, tanto pelas características como pelo local, com um desaparecimento ocorrido há décadas atrás.
As personagens Erica e Patrik, já nossos conhecidos das anteriores obras da autora, estão no seu melhor e continuam a prender-nos o interesse pelo desenrolar da trama.
Mas achei o livro excessivamente trágico e confuso em algumas partes.
Há também referência a actos de suposta bruxaria ocorridos no século XVII que não me parece que pudessem ter qualquer relevância para a história.
De qualquer forma foi uma leitura interessante e aguardo com ansiedade o próximo volume de Camilla Läckberg.

Quando Nea, uma menina de quatro anos, desaparece, a comunidade fica em choque. Trinta anos antes, Stella, também de quatro anos, que vivia com os pais na mesma quinta, desaparecera e viria a ser encontrada morta na floresta que rodeia Fjällbacka. Nessa altura a culpa foi atribuída a duas adolescentes, Marie e Helen, hoje mulheres.
Poderá ser um acaso o desaparecimento de Nea ter coincidido com o regresso a Fjällbacka de Marie, agora uma famosa atriz de cinema…para interpretar o papel de Ingrid Bergman? Patrik Hedström começa a investigar e, como sempre, conta com a ajuda de Erica, que pretende escrever um livro inspirado na morte da pequena Stella.
Mas à medida que vão desfiando os intricados fios da meada, tudo se torna mais confuso. Como se tal não bastasse, têm ainda de lidar com a perturbação que a presença de refugiados sírios causa na pequena comunidade e com as consequências de um fogo posto no centro comunitário que os acolhe.
Uma sucessão de acontecimentos que abala os habitantes da pacata vila, e acabará por levar o nome de Fjällbacka aos quatro cantos do mundo… sem ser pelas melhores razões.
Notas sobre a autora:
Nascida em 1974, Camilla Läckberg licenciou-se na Universidade de Economia de Gotemburgo antes de se mudar para Estocolmo, onde foi economista durante alguns anos. Contudo, um curso sobre escrita criativa de livros policiais despoletou uma mudança drástica de carreira. Foi considerada a escritora sueca do ano em 2004 e 2005, e os seus quatro primeiros livros atingiram o primeiro lugar no top de vendas da Suécia. Actualmente, a autora vive com os dois filhos em Estocolmo.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

EMPADA DE APROVEITAMENTOS

Quando nos sobram restos de uma refeição, nada como aproveitá-los para a refeição do dia seguinte, ajudando desta forma na economia doméstica, pois é uma forma de poupança, além de não ficarmos com a sensação de estarmos a comer "restos"....
Desta forma, não deixam de ser os ditos "restos", mas ganham assim uma nova "roupagem" e transformam-se numa refeição diferente.
A receita desta empada está no Cookido e enquadra-se no conceito Paleo. Confeccionada com a ajuda da Bimby é num instante que se consegue um prato saboroso.
3 ovos
10gr de azeite
80gr de natas
100gr de farinha de amêndoa
1/2 colher de chá de sal
1 colher de sopa de salsa
1/2 colher de chá de oregãos
2 colheres de chá de fermento em pó para bolos
150gr de restos de carne, peixe, atum, etc
100gr de queijo ralado

Pré-aqueça o forno a 180º e forre uma tarteira com papel vegetal.
Coloque no copo da Bimby os ovos, o azeite e as natas e bata 1 minuto, velocidade 3.
Adicione a farinha de amêndoa, o sal, a salsa e os oregãos e misture 1 minuto, velocidade 3.
Adicione o fermento em pó e misture 30 segundos, velocidade 2.
Deite metade da mistura na forma, recheie com a carne ou recheio escolhido, cubra com a restante massa e polvilhe com o queijo ralado.
Leve ao forno durante cerca de 35 minutos.
Para verificar se a empada está cozida, espete com um palito e verifique se sai seco.
Sirva de seguida acompanhada de salada.

sábado, 19 de janeiro de 2019

WAFFLES DE BATATA DOCE II

Fizeram uma refeição em que usaram batata doce cozida e entretanto sobra uma batata? Nem pensar em deitar para o lixo. Na cozinha, tal como na natureza, nada se perde, tudo se transforma.
No ano passado já tinha postado uma receita de waffles de batata doce, mas agora encontrei esta versão no blog Salsa & Coentros, que também é muito fácil e saborosa.
Toca a aproveitar as batatas doces cozidas que eventualmente possam sobrar aí por casa...
40gr de farinha de linhaça
1 ovo
80gr de batata doce cozida
canela q.b.

Misturar todos os ingredientes com a ajuda de um processador de cozinha ou de uma varinha mágica.
Deixar a massa descansar durante 10 minutos.
Aquecer a máquina de waffles, distribuir a massa e deixar cozer.
Servir com cobertura a gosto.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

PÃEZINHOS DE MINUTO PALEO

Para colocar um travão aos excessos do Natal e passagem de ano, nada como preparar pão saudável para o pequeno-almoço.
Ao andar às voltas com o livro base da Bimby encontrei uma receita de pãezinhos de minuto, que resolvi fazer mas com farinhas dentro do conceito paleo.
Por vezes ao fazer estas experiências nunca sabe o que pode sair, mas o resultado foi muito bom, sendo que é uma receita super rápida: 15 segundos na Bimby e 10 minutos de forno.
Qual vai ser a desculpa para não fazerem pão?
125gr de farinha de trigo sarraceno
125 gr de farinha de espelta
120gr de leite vegetal
1 ovo
30gr de manteiga
2 colheres de chá de fermento em pó para bolos
1 pitada de sal
sementes a gosto q.b.

Pré-aqueça o forno a 200º.
Coloque no copo todos os ingredientes e programe 15 segundos, velocidade 4.
Num tabuleiro de forno polvilhado com farinha ou forrado com papel vegetal, deite colheradas da massa, dando formato de pequenos pães.
Polvilhe com sementes a gosto e leve a forno por cerca de 10 minutos.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

"A ÚLTIMA VÍTIMA"

Nunca tenho muita coisa nova a comentar sobre os livros de Tess Gerritsen, pois são sempre tão bem escritos e conseguem envolver-nos de tal maneira na acção, que classificá-los como muito bons ainda seria injusto.
Desta vez as nossas já bem conhecidas Rizzoli e Isles são levadas a um estranho colégio interno, que alberga crianças que, de uma forma ou de outra, já sobreviveram a grandes tragédias.
Que segredos obscuros se escondem por detrás deste facto bizarro e comum a todas elas?
O livro é realmente muito bom e o final, como já costume nas obras desta autora, não é nada do que esperávamos...
Pela segunda vez na sua curta vida, Teddy Clock sobrevive a um massacre. Dois anos antes, conseguiu escapar da chacina que vitimou toda a sua família. Agora, com 14 anos, Teddy é o único sobrevivente do assassínio em massa da sua família adotiva. O traumatizado adolescente não tem a quem recorrer - até a polícia de Boston nomear a detetive Jane Rizzoli para investigar o caso.
A detetive Jane Rizzoli e a médica-legista Maura Isles estão fechadas num colégio interno de alta segurança, com os alunos. Disseram-lhes que é para sua proteção. Porém, agora ocorreu um assassínio dentro do colégio. Será que a ameaça vem do exterior... ou do interior do colégio?
Notas sobre a autora:
De ascendência chinesa, Tess Gerritsen cresceu nos EUA e formou-se em Medicina na Universidade da Califórnia. Após o nascimento dos filhos, começou a escrever ficção, e em 1987 publicou o seu primeiro romance. Em 1996 publicou o seu primeiro thriller médico, Harvest, a que se seguiu este O Cirurgião e O Aprendiz, entre outros, protagonizados pela detective Jane Rizzoli. Com o sucesso alcançado, a autora desistiu da carreira em Medicina e dedicou-se à escrita a tempo inteiro. A sua obra está traduzida em mais de 30 línguas e já vendeu mais de 20 milhões de exemplares em todo o mundo.

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

QUEIJINHOS DE FIGO

Aqui está uma coisa que cá em casa gostamos tanto e que nunca me tinha atrevido a fazer, mas com a ajuda da Bimby não dá trabalho nenhum e ficam uma maravilha. 
Que tal na vossa mesa de Natal colocarem um doce tipicamente algarvio, com produtos regionais, que fará a delícia de qualquer pessoa?
A receita foi retirada do livro Bimby Receitas do Algarve e só vos aconselho a que coloquem mais um pouco de erva doce do que receita orginal.
A quantidade de massa rende muito.... a mim deu-me para fazer 30 queijinhos pequenos e mais um queijo grande.
250gr de amêndoa com pele
250gr de figos secos
250gr de açucar
30gr de chocolate em pó
casca de 1 limão - só a parte amarela
1 colher de chá de canela em pó (coloquei duas)
2 colheres de chá de erva doce (coloquei três)
150gr de água
amêndoa q.b. para decorar

Leve ao forno a amêndoa e os figos e deixe dourar cerca de 15 minutos a 180º. Retire e deixe arrefecer.
Coloque no copo a amêndoa e pique 10 segundos, velocidade 5. Reserve.
Deite no copo os figos e dê 4 golpes de Turbo. De seguida pique 15 segundos, velocidade 9, e reserve.
Sem lavar o copo deite o açucar, o chocolate em pó, a casca de limão, a canela e a erva doce e pulverize 10 segundos, velocidade 9. Com a ajuda da espátula baixe os resíduos e junte a água.
Programe 12 minutos, temperatura Varoma, velocidade 1. Substitua o copo de medida pelo cesto para evitar salpicos.
Junte a amêndoa reservada e misture 10 segundos, velocidade 4 e de seguida programe 6 minutos, temperatura Varoma, velocidade 1.
Junte os figos picados e misture 10 segundos, velocidade 5 e a seguir programe 8 minutos, temperatura Varoma, velocidade 2.
Deite o preparado num tabuleiro polvilhado de açucar e deixe arrefecer.
Molde bolas pequenas ou forme queijinhos, passe por açucar, coloque em forminhas e decore com amêndoa.
Nota: para uma versão paleo substituir o açucar branco por açucar de coco ou açucar mascavado e o chocolate em pó por cacau em pó.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

"UMA CHUVA DE DIAMANTES"

Um livro bem ao jeito de Sveva, cheio de intrigas familiares, desconfianças, corações partidos e disputa por uma alegada fortuna que todos sabem que existe mas que ninguém imagina qual o seu paradeiro.
Achei um pouco estranho a autora ter dado especial destaque à personagem de Sonia Brenna, levando-nos a conhecer a sua infância e todo o seu percurso de vida até ser mãe, mas é uma personagem que conseguiu cativar toda a minha simpatia.
O final da história, com a descoberta da fortuna desaparecida, que tinha sido transformada em diamantes, e o destino dos mesmos, é fantástica e o desfecho foi pensado de uma forma muito inteligente.
Um livro de fácil leitura, capaz de agradar a qualquer pessoa.
Um grande editor morre deixando aos filhos e netos um enorme património e um mistério inquietante: uma parte significativa da herança está pura e simplesmente desaparecida. Entre rancores e ciúmes, a leitura do testamento desencadeia uma desenfreada caça ao tesouro. 
A dominar a situação está Sónia, a nora do magnata - uma mulher generosa, bonita e voluntariosa. Face à crescente tensão na família, será apenas ela a encontrar forças para recomeçar uma nova vida.
Notas sobre a autora:
Sveva Casati Modignani é um dos nomes mais reconhecidos da narrativa contemporânea italiana: os seus romances estão traduzidos em vinte países e venderam mais de 11 milhões de exemplares. A autora vive desde sempre em Milão, na casa onde nasceu e que pertencia à sua avó.
No catálogo da Porto Editora figuram já os seus seguintes romances: Feminino SingularBaunilha e ChocolateO Jogo da VerdadeDesesperadamente GiuliaO Esplendor da VidaA SicilianaMister GregoryA Viela da DuquesaUm Dia Naquele InvernoO BarãoA Família Sogliano6 de Abril’96A Vinha do Anjo e O Vento Selvagem. A sua obra autobiográfica, O Diabo e a Gemada também já se encontra publicada no catálogo da Porto Editora.