Sugestões para oferecer ou para ler...


terça-feira, 15 de Janeiro de 2013

"CHOCOLATE"

Doce... Aromático... Misterioso... Guloso... Uma delícia!!!
Estas são apenas algumas das palavras que posso usar para descrever esta obra fantástica, que já há tanto tempo estava na minha estante e que eu ainda não tinha tido tempo de agarrar.
A história de uma jovem mãe solteira que chega com a sua filha a uma pequena localidade de França, os modos desconfiados com que é recebida pelos habitantes locais, o padre da paróquia que lhe tenta fazer a vida negra.... todo um leque de personagens que nos envolvem como o doce sabor do chocolate.
O livro, quanto a mim, só tem um defeito: é que enquanto o lemos somos assaltados por uma vontade incontrolável de comer chocolates. LOL!
A aldeia de Lansquenet-sur-Tannes tem duas novas moradoras: Vianne Rocher, jovem mãe solteira, e a sua filha Anouk. Ambas correram mundo e querem agora estabelecer-se, pelo que Vianne pensa montar um negócio.
Um negócio aromático e guloso mas, naquelas paragens, pouco comum: uma chocolataria com o nome de "La Céleste Praline".
Para a aldeia, "La Céleste Praline" e a sua encantadora proprietária são um sopro de ar fresco frente à tirania de Francis Reynaud, um jovem padre de uma austeridade a raiar o fanatismo, que não oculta o seu desagrado por um comércio demasiado sofisticado e "tentador", e que vê em Vianne um desafio à sua autoridade. Frente a ele, a jovem Vianne só pode apelar à alegria de viver das gentes de Lansquenet...
Chocolate é um reportório de sabores, descritos de uma maneira tão viva que quase se sentem; é também uma galeria de personagens ternos e cruéis, amáveis e odiosos, sempre intensos e credíveis. Mas é sobretudo um romance tão ameno, tão rico e variado, que deixará nos seus leitores uma impressão imorredoira.
Nota sobre a autora:
Joanne Harris nasceu em Yorkshire em 1964, de mãe francesa e pai inglês.
Chocolate foi o seu primeiro romance traduzido em Portugal. Escreveu depois Vinho Mágico, igualmente publicado no nosso país.