Sugestões para oferecer ou para ler...


quinta-feira, 8 de Novembro de 2012

CREME DE CURGETTE E COENTROS

O tempo está a arrefecer substancialmente... neste momento está um sol magnífico e a temperatura está muito agradável, nem parece que estamos em pleno mês de Novembro. Mas quando a noite cai a temperatura desde, e nada melhor nas noites frias de Outono do que uma sopa cremosa para nos aquecer.
Esta receita muito perfumada com o aroma dos coentros veio directamente do blog Bago de Romã.
250gr de cenouras
600gr de curgettes
1 cebola pequena
4 dentes de alho
800ml de água
50gr de azeite
40gr de coentros

No copo da Mycook colocar os legumes cortados em pedaços pequenos, os dentes de alho, e a água até cobrir os legumes. Se preferir deitar primeiro a água e adicionar os legumes depois. Programar 25 minutos, 100º, velocidade 2.
Juntar o azeite e o sal e passar a sopa com alguns toques de Turbo.
Acrescentar os coentros, com os ramos cortados em quatro e picar 20 segundos, velocidade 8.
(Se não gostar do sabor dos coentros tão acentuado, pode cozinhar mais 12 minutos, 100º, velocidade 2)
Servir bem quentinha e desfrutar do aroma das ervas que a natureza nos dá...

6 comentários:

  1. Que sopinha deliciosa :P
    Agradou-me mesmo bastante :P

    Bjokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Romy, eu palpitou-me logo que tu ias gostar pois, tal como eu, és apreciadora de coentros.

      Eliminar
  2. Que delicia e sabe tão bem agora nestes dias frios.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é verdade São, e com o perfumado aroma dos coentros é uma delícia!

      Eliminar
  3. Olá Risonha,
    Nem de propósito, foi a sopa que fiz para o meu jantar.
    Ainda bem que gostaste, pois é uma das minhas favoritas :)
    Agradeço muito a tua partilha.
    Beijinhos
    Romã :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço a quantidade de receitas boas que tens no teu blog e fazes o favor de partilhar connosco. :-)

      Eliminar

Comentem e deixem a vossa opinião. Beijinhos da amiga Risonha, daqui de onde a terra acaba e o mar começa....